Notas


Nova rede de abastecimento de água será testada no bairro de Canudos

10/08/2021 22h04
Por Tayná Horiguchi (COSANPA)

A Companhia de Saneamento do Pará (Cosanpa) realiza nesta quinta-feira (12) o teste de funcionamento da nova rede de abastecimento de água no bairro de Canudos, em Belém. A ação requer a interrupção do fornecimento de água em alguns pontos do bairro, de meia-noite às 23h59 do dia 12 de agosto.

O teste de estanqueidade é necessário para garantir que a rede implantada está em perfeito funcionamento. O teste é feito após a setorização da rede, uma das etapas da obra de substituição da rede, mais um investimento do Governo do Pará por meio da Cosanpa.

Cada setor está sendo dividido em Distritos de Medição e Controle (DMC), para melhor monitoramento da área de abastecimento. A medida permite que, quando haja vazamento, seja possível interromper o abastecimento da área que corresponde ao DMC apenas da rede danificada, sem interferir no abastecimento de outras áreas. Hoje, quando ocorre um vazamento, ainda é necessário parar o setor inteiro para reparar o dano da rede, prejudicando diversos usuários.

Os moradores ativos (adimplentes e inadimplentes) da área onde foi feita a setorização já receberam novos hidrômetros. Os que constavam do cadastro da Companhia como inativos (que pediram o desligamento do seu ramal à rede da Cosanpa por construção de poço próprio ou qualquer outro motivo) receberam avisos sobre a implantação da rede nova e a possibilidade de se religarem, com a ativação do seu ramal. A Cosanpa informa que a rede antiga está sendo desativada, e com ela todos os ramais antigos, incluindo os clandestinos.

A substituição das redes de fornecimento de água é uma das etapas do Projeto Controle e Redução de Perdas da Cosanpa, que busca diminuir o desperdício de água, melhorar a qualidade do serviço prestado à população e garantir a regularidade de abastecimento e pressão da água que chega à casa dos usuários.

As etapas da obra incluem escavação para implantação da rede; execução das soldas de eletrofusão, para conectar os trechos implantados, e as interligações. Após esse processo, é feita a recomposição definitiva dos pontos.

O abastecimento será interrompido para teste da nova rede, no bairro de Canudos, nas ruas do DMC 6.5: 

Cipriano Santos, entre Teófilo Condurú e Canal do Tucunduba; 

Roso Danin, entre Teófilo Condurú e Canal do Tucunduba; 

Américo Santa Rosa, entre Teófilo Condurú e Olaria; 

Gentil Bittencourt, entre Teófilo Condurú e Canal do Tucunduba; 

Conselheiro Furtado, entre Teófilo Condurú e 2ª de Queluz; 

Passagem Duas Américas, entre Teófilo Condurú e Canal do Tucunduba; 

Passagem Nossa Senhora das Graças, entre 2ª de Queluz e Olaria; 

Rua dos Mundurucus, entre Teófilo Condurú e Canal do Tucunduba; 

Teófilo Condurú, entre Cipriano Santos e Mundurucus; 

2ª de Queluz, entre Cipriano Santos e Mundurucus; 

Francisco Monteiro, entre Cipriano Santos e Gentil Bittencourt; 

Juvenal Cordeiro, entre Cipriano Santos e Gentil Bittencourt; 

Passagem Perpétuo Socorro, entre Cipriano Santos e Roso Danin; 

Vila Nazaré, entre Cipriano Santos e Roso Danin; 

Passagem Eduardo, entre Cipriano Santos e Roso Danin;

Passagem Leal, entre Passagem Eduardo e Canal do Tucunduba; 

Passagem Fluminense com Cipriano Santos; 

Passagem Imirema, entre Passagem Leal e Roso Danin; 

Olaria, entre Roso Danin e Américo Santa Rosa; 

Alameda Ernesto Coelho, entre Olaria e Canal do Tucunduba; 

Dinah Coelho, entre Olaria e Canal do Tucunduba; 

Rua 2, entre Olaria e Canal do Tucunduba; 

Rua 1, entre Olaria e Canal do Tucunduba; 

Passagem 2 de Junho, entre Passagem Gracinha e Rua 1; 

Vila São Raimundo, entre as passagens Nossa Senhora das Graças e Duas Américas; 

Passagem Bom Jesus, entre as passagens Nossa Senhora das Graças e Duas Américas; 

Passagem Vilhena com Olaria; 

Passagem Aldeia com Gentil Bittencourt; 

Passagem Tico-Tico, entre Juvenal Cordeiro e Olaria; 

Vila Mesquita com Américo Santa Rosa; 

Passagem Bom Sossesgo com Juvenal Cordeiro; 

Vila Conceição com Francisco Monteiro, e

Vila Jacob com Francisco Monteiro.