Notas


Revistas são realizadas em quatro casas penais do Estado

14/11/2019 18h14
Por Vanessa Van Rooijen (SUSIPE)

Para manter a segurança e preservar a ordem e a disciplina nos presídios do estado, a Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado do Pará (Susipe) tem intensificado os procedimentos de revista nas unidades penais. Por meio do controle do cárcere, a entrada de objetos ilícitos nas unidades prisionais torna-se mais difícil e o rigor nas revistas promove a apreensão dos já existentes em celas e pavilhões. Nesta quinta-feira (14), operações foram realizadas em quatro presídios da Região Metropolitana de Belém (RMB) e do interior.

No Centro de Recuperação Agrícola Mariano Antunes (CRAMA), em Marabá, foram revistados os anexos 2 e 3 da unidade, além do galpão e da marcenaria. A ação contou com o apoio de sete agentes prisionais da própria unidade e foram encontrados 11 celulares, 11 carregadores, 7 fones de ouvido, 8 garrafas pet de dois litros de vinho, 2 trouxas de maconha, 1 porção de cocaína e 4 facas artesanais. Além disso, uma quantidade expressiva de garrafas plásticas, vasilhas e baldes foram retirados de dentro das celas. Seis televisões também foram retiradas e serão devolvidas aos familiares dos internos.

Também com o apoio dos agentes prisionais, o Centro de Recuperação Regional de Redenção (CRRR) passou por uma revista estrutural. Durante a ação foram apreendidos 6 celulares, 6 carregadores, 4 fones de ouvido, 2 pacotes de fermento com 120 gramas utilizado para fabricação de bebidas alcoólicas; e 9 estoques – armas artesanais produzidas pelos internos.

No Centro de Recuperação Regional de Paragominas (CRRP), os blocos A, B e C foram revistados com o apoio de 47 policiais militares do Grupamento Tático Operacional (GTO). Os procedimentos consistiram em inspecionar a parte estrutural das celas e a retirada de materiais ilícitos e de uso proibido  Durante a ação foram encontrados 6 celulares, 3 carregadores, 3 fones de ouvido, 1 bateria, 1 tesoura sem ponta, 5 estoques e 40 trouxas de entorpecente, supostamente maconha.

Além das unidades prisionais do interior, houve revista na Região Metropolitana de Belém (RMB). Na Central de Triagem Metropolitana IV (CTM IV), localizado no Complexo Penitenciário de Santa Izabel, ocorreu operação no bloco A da unidade, que contou com o apoio de 24 agentes prisionais da casa penal, além do Comando de Operações Penitenciárias (COPE) da Susipe. Durante o procedimento, 1 celular, 2 carregadores, 1 chip, 1 fone de ouvido e 6 estoques – armas artesanais - foram apreendidos.  

As operações de revista reforçam a segurança do sistema carcerário. Todas as ações ocorreram sem alterações e os internos custodiados nas celas onde os materiais ilícitos foram encontrados responderão a Procedimento Disciplinar Penitenciário (PDP). Os materiais apreendidos serão catalogados, identificados e encaminhados para as providências administrativas e criminais.