Recém-nascida abandonada no município do Acará recebe alta da Santa Casa

13/08/2019 09h34 - Atualizada em 13/08/2019 11h27
Por Samuel Mota (SANTA CASA)

A criança do sexo feminino que nasceu e foi abandonada em uma construção na localidade de Guarumã, município do Acará, nordeste do estado, e foi resgatada e trazida pelo Conselho Tutelar do município para a Santa Casa de Misericórdia do Pará, em Belém, no último dia 10 de julho, recebeu alta médica nesta segunda-feira (12/08) após passar mais de um mês sob cuidados médicos no hospital.

A criança deu entrada na UTI da Santa Casa, em estado grave, com desconforto respiratório, machucados pelo corpo, fratura no braço esquerdo, além de ter ingerido fezes que chegaram até aos pulmões. A criança foi entubada, sedada e ao longo de sua internação teve um acompanhamento médico intenso, com medicação de alta resolução e administração do leite materno. Durante a sua permanência na Santa Casa, a criança foi acompanhada por uma equipe multiprofissional.

Os avós maternos obtiveram a guarda da neta junto à justiça do estado para poderem levar a criança para o município de Acará. A justiça emitiu um termo de guarda e responsabilidade reconhecendo que Rosinalva Moraes e Acemil Silva fossem autorizados a levar a criança após a alta médica.

Dona Rosinalda Moraes, 40 anos, é avó de primeira viagem e falou da felicidade em ver a neta pela primeira vez, que finalmente terá um nome para ser registrada e amada. “Muita emoção em ver minha primeira neta, não via a hora de vir aqui buscar a Paola Vitória. Uma bebê guerreira. Toda família está na expectativa, no Acará, esperando para conhecer ela, a caçula da família”.