Secretaria Regional promove reunião entre entidades locais e órgãos de segurança

19/07/2019 13h40 - Atualizada em 19/07/2019 13h57
Por Elizabete Ribeiro (CRG)

A Secretaria Regional de Governo do Sul e Sudeste do Pará promoveu uma reunião com empresários, representantes de instituições da sociedade civil organizada ligadas ao comércio de Marabá e agentes de Segurança Pública. O evento aconteceu na manhã desta sexta-feira (19) na sede do 4° Batalhão de Polícia Militar.

O encontro é resultado de uma conversa entre os representantes da Associação Comercial e Industrial de Marabá (ACIM), Conselho dos Jovens Empresários de Marabá (CONJOVE) e do Sindicato dos Comerciários de Marabá (SINDICOM), com o Secretário Regional de Governo, João Chamon, que aconteceu nesta semana, na qual os diretores das entidades apresentaram um sentimento de insegurança devido a furtos e assaltos realizados em comércios, especialmente em áreas comerciais da Nova Marabá e da Cidade Nova.

Durante a reunião desta sexta-feira, os representantes dos órgãos de segurança, ouviram relatos que têm acontecido em áreas comerciais, bem como os anseios da comunidade empresarial. Entre os participantes, dois empresários expuseram os furtos recorrentes em suas lojas e ainda o atendimento que estão recebendo ao procurar as delegacias para o registro de ocorrências.

O delegado Vinícius Cardoso das Neves, diretor da 21ª Seccional de Polícia Civil de Marabá, enfatizou que equipes da inteligência estão atuando de forma a identificar os responsáveis pelas ações criminosas. Já os comandos da Polícia Militar destacaram as ações de enfrentamento, com aumento nas rondas nos locais citados como de maior ocorrência de ações dos bandidos.

Além dessas ações, os agentes de segurança destacaram a importância do registro do Boletim de Ocorrência, fundamental para o mapeamento das ações criminosas. "É importante que a população como um todo entenda que o sistema policial está funcionando, mas precisamos dos dados de B.O. e das denúncias, que podem ser feitas, inclusive, de forma anônima pelo Disque Denúncia", pontuou o delegado Vinícius.

O Coronel Dayvid Sarah Lima, comandante do 4° BPM, também destacou a importância dos registros das ocorrências e disse que a falta dos registros cria uma demanda subestimada, que não entra nos índices e nem é tratada porque grande parte das pessoas que são vítimas dos casos de furtos ou assaltos não chegam a reportar o caso. O mesmo fato foi relatado pelo Major Edson Bailão Ribeiro, Subcomandante do 34º BPM.

Ao final do encontro, o Secretário Regional, João Chamon Neto, avaliou o momento como muito proveitoso, uma vez que as demandas foram ouvidas e várias iniciativas foram tomadas de imediato para melhorar a situação da segurança, não apenas dos comerciantes, mas de toda a população local. "Estamos cumprindo o nosso papel enquanto interlocutores da comunidade com os representantes do Governo, a fim de que as situações apresentadas pelas comunidades sejam atendidas de forma rápida e ágil", avaliou João Chamon Neto.

Após a reunião, o grupo participou de visita as salas onde funcionam a central do Disque Denúncia em Marabá e o Programa Educacional de Resistência às Drogas – Proerd.