O PARÁ DE VOLTA AO TRABALHO

Ceasa garante qualidade, menor preço e segurança

Plano de Melhorias dá maiores condições de trabalho e tranquilidade a servidores, permissionários e consumidores

04/01/2021 12h28 - Atualizada em 06/01/2021 às 19h32

Ações do governo na Ceasa focam em melhores condições de trabalho a permissionários e produtores e melhor preço a consumidoresA diretoria executiva das Centrais de Abastecimento do Pará (Ceasa) avança na reconstrução do complexo atacadista e varejista, que recebe produtos de municípios paraenses, dos estados e até de fora do País. A Ceasa atende cerca de cinco mil pessoas, diariamente, e as ações do governo buscam assegurar um ambiente com segurança e tranquilidade para servidores, permissionários, produtores rurais e consumidores.

VAREJÕES
Os Varejões de Natal e Ano Novo garantiram hortifrúti com menor preço nos dias 22, 23, 24, 30 e 31 de dezembro de 2020, com produtos de qualidade e preços mais em conta à população, se comparados com  outras praças de Belém.

A diretoria executiva do complexo atacadista e varejista também retomou os estudos para o projeto do Banco de Alimentos, que garantirá alimentação a comunidades em situação de vulnerabilidade social.

SEGURANÇA
A Ceasa informa que também retomou os estudos sobre o Plano de Segurança, cujas ações se iniciaram em dezembro de 2020, com novo horário para a entrada e saída de veículos de transporte de hortifrutigranjeiros, que agora é de 20h até 9h. Após esse intervalo, só é permitida a entrada de veículos com mercadorias previamente autorizados.

Todos os dias, cerca de cinco mil pessoas circulam pela Ceasa, complexo que garante produtos frescos e com preço acessível Para acesso à Ceasa, funcionários, condutores de carro, motos e bicicletas e pedestres devem apresentar documento de identidade com foto. O Plano de Segurança conta com a parceria da Polícia Militar, cujas equipes já circulam pelo local, que em breve ganhará a instalação do posto fixo, conforme previsto no plano.

A Ceasa inclusive retomou o Varejão às sextas-feiras e nas manhãs de sábado. Uma ótima oportunidade para a compra de produtos frescos e com preço acessível. De 22h de sexta-feira às 10h de sábado pode-se adquirir frutas variadas, verduras, legumes, ovos e especiarias, além de produtos rurais de vários municípios.

Varejão do Círio

O Varejão do Círio 2020, no final de semana da festa maior dos paraenses, disponibilizou do tucupi ao tradicional pato, entre outros produtos e alimentos com preços acessíveis e de qualidade, vindos do interior.

O Varejão do Círio teve a participação dos Produtores Rurais do Mercado do Livre Produtor, da Ceasa de Castanhal e da Colônia Penal. O evento ofereceu um mix de hortifrutigranjeiros, aves e, ainda, móveis e artesanatos feitos na carpintaria da Colônia Penal.

Em 16 de outubro de 2020, a Ceasa marcou o Dia Mundial da Alimentação com um varejão para o consumidor adquirir uma enorme variedade de frutas, legumes e verduras de alta qualidade e com preços baixos.

O varejão contou com o apoio de segurança do 27º Batalhão da Polícia Militar (BPM), responsável pela área, e com a parceria da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), que apresentou produtos de movelaria e artesanato da colônia penal.

MELHORIAS
O Plano de Melhorias mantém um diálogo permanente entre a diretoria executiva da Ceasa e os permissionários. O trabalho foi iniciado justamente a partir dos relatos das dificuldades e apresentação de sugestões dos permissionários.

Entre as prioridades na Centrais de Abastecimento do Pará estão as ações de limpeza e a higienização do mercado, além da segurança e estruturação do escoamento dos produtos de maneira eficaz, considerando o grande fluxo de veículos que trafegam no local.

Como ações articuladas para a limpeza do Complexo do Mercado, em 23 de setembro de 2020, se iniciou a parceria com a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), que priorizou mutiróes de limpeza nas áreas dos galpões e, também, realizou a retirada do mato e dos resíduos sólidos acumulados, garantindo também a desinfecção externa do espaço da administração.

O trabalho citado, acima, foi feito por 20 custodiados do sistema penal. Os serviços de roçagem, capinagem, remoção e descarte de resíduos sólidos obedeceram ao cronograma de atividades de limpeza estabelecido pela Seap, responsável por ações de ressocialização, nas quais o trabalho prisional é instrumento de reinserção social para as pessoas privadas de liberdade. Uma ação que garante benefícios à sociedade e também a remição de pena aos custodiados participantes.

Pelo Dia da Árvore, em setembro de 2020, servidores plantaram mudas de mangueiras no bosque em frente ao prédio administrativo. Entre as Ceasas do Brasil, a do Pará é uma das que têm espaço físico com maior área verde. A escolha do plantio de mangueiras, árvore símbolo da capital paraense, segundo a direção da Ceasa, estimula a preservação do meio ambiente e a busca pela qualidade de vida.

CARREGADORES

Ainda em setembro, houve reunião com representantes dos carregadores, responsáveis por transportar produtos hortifrutigranjeiros durante todo o período noturno de funcionamento da Ceasa. Eles foram informados da necessidade de cadastro, com identificação por crachás e identidade funcional, uso de coletes para a proteção e toda uma infraestrutura para garantir o melhor funcionamento do mercado para quem vende e para os clientes.

PESQUISA
A Ceasa também iniciou em 2020 a pesquisa qualitativa participativa, para a coleta de informações sobre mudanças estruturais e sobre novos serviços no complexo. O formulário coletou dados sobre aspectos sociais, mercadológicos e sugestões dos permissionários.

A pesquisa integra o diagnóstico para o planejamento das ações de modernização e ampliação de serviços essenciais da Ceasa.

IMUNIZAÇÃO
A Ceasa também garantiu ação preventiva a servidores e familiares vacinando contra sarampo, rubéola e caxumba, além da influenza A (H1N1), influenza A (H2N3) e influenza B Vitoria. Permissionários, clientes e funcionários também foram imunizados contra sarampo e H1N1.

O objetivo da gestão é buscar ações de cuidado com as pessoas, reforçando a imunização de
quem circula na Ceasa. A ação contou com a parceria da Secretaria Municipal de Saúde (Sesma) e da Secretaria Estadual de Saúde (Sespa).

A Sespa distribuiu, inclusive, máscaras, mediu a temperatura e orientou sobre os cuidados na pandemia.