Pautas


Hemopa convoca voluntários para doação de sangue no feriado do trabalhador

Por Vera Rojas (HEMOPA)
Abertura: 01/05/2021 07h00
Encerramento: 01/05/2021 17h00
Local: Sede Hemopa e Unidade de Coleta Castanheira
Endereço: Tv. Pe.Eutíquio, 2109, e no Pórtico Metrópole, na BR 316, Km zero
Contatos: Vera Rojas- 98399-0599

Neste sábado, 1º de maio, feriado pelo Dia do Trabalhador, a Fundação Hemopa e a Unidade de Coleta Castanheira estarão de portas abertas para a coleta de sangue, de 7h30 às 17h. A ação tem o intuito de reforçar o estoque técnico de sangue para atendimento satisfatório da demanda hospitalar pública e privada.

Atualmente, a sede do Hemopa, na Batista Campos, vem mantendo uma média de 160 coletas, diariamente, que beneficiam mais de  600 pacientes/dia, internados na rede hospitalar. Como a necessidade transfusional é contínua, a direção do hemocentro paraense sugere que as pessoas, em condições de efetivarem este gesto solidário, o façam regularmente. Mulheres a cada três meses e homens a cada 60 dias.

A assistente social da Gerência de Captação de Doadores (Gecad), Lilian Bouth, destaca que a doação de sangue é importante, mas a regularidade da coleta é fundamental para reforçar o estoque técnico dos serviços de coleta no Pará em Belém, Santarém, Castanhal, Marabá, Altamira, Tucucuruí, Abaetetuba, Redenção e Capanema.

Entre as várias estratégias de captação de doadores, destacamos o agendamento da coleta, por meio do 0800-2808118, e o projeto Caravana Solidária, que garante transporte de pequenos grupo de voluntários, amigos ou colegas de trabalho. Interessados em firmar parceria com o hemocentro podem entrar em contato pelo 3224-5048, de segunda a sábado, de 8h às 17h.

Entre os doadores do sábado, já está agendado mais um grupo de militares da Rotam, cuja campanha se iniciou no dia 29 e se encerra amanhã.

O gesto voluntário da doação pode fazer a diferença na vida de muitas pessoas. Para doar é simples. O cidadão precisar seguir os critérios básicos:

•         Ter entre 16 e 69 anos (menores de idade devem estar acompanhados do responsável legal);

•         Pesar mais de 50 kg

•         Estar em boas condições de saúde.

 

No momento do cadastro, é obrigatório apresentar um documento de identificação oficial, original e com foto (RG, CNH, passaporte ou carteira de trabalho).

Quem teve Covid-19 também pode voltar a doar sangue, só precisa esperar 30 dias após a cura. Quem teve contato com pessoas que tiveram a doença deve esperar 14 dias após o último contato.

Para quem recebeu a vacina Coronavac/Butantã, são 48 horas de inaptidão para doação de sangue, após cada dose. Já a vacina AstraZeneca/Fiocruz são 7 dias após cada dose. Se o candidato à doação de sangue não souber qual imunização fez, só poderá voltar a doar sangue após 7 dias.

Mais informações: 0800 280 8118 / 3110-6500.