Agência Pará
pa.gov.br
Ferramenta de pesquisa
ÁREA DE GOVERNO
TAGS
REGIÕES
CONTEÚDO
PERÍODO
De
A
AÇÃO SOCIAL

'TerPaz nos Bairros' garante serviços de saúde e cidadania para indígenas Warao, em Belém

A Agência da ONU para Refugiados estima que 1.200 indígenas Warao vivem no estado do Pará, majoritariamente na capital Belém e no município de Ananindeua

Por Matheus Rocha (SEAC)
21/02/2024 14h45

O Governo do Pará em parceria com o Ministério Público do Estado do Pará, realizou na manhã desta quarta-feira (21), mais uma edição do Programa "TerPaz nos Bairros", que oferece serviços de saúde e cidadania à indígenas da etnia Warao. A ação foi realizada no distrito de Outeiro, Belém, por meio da Secretaria de Estado de Articulação da Cidadania (SEAC).

A programação aconteceu no bairro Água Boa e contou com a participação de cerca de 300 indígenas que receberam atendimentos gratuitos de consultas clínicas, testes rápidos para a detecção de doenças, emissão de RG e certidão de nascimento. Os serviços mais procurados foram os de saúde.

Eliezer Gomez, liderança jovem da comunidade Warao Brasília, aproveitou para se consultar com o clínico geral e odontólogo. Ele destacou a importância da ação para a comunidade.

"Essa ação é importante, principalmente para nossa saúde. Estamos em um momento com muitas crianças doentes, gripadas com diarreia, então precisamos desse tipo de apoio. Agradeço por essa ação, pela saúde das crianças e das pessoas de terceira idade", disse.

Números - A Agência da ONU para Refugiados (ACNUR) estima que 1.200 indígenas da etnia Warao vivem no estado do Pará, majoritariamente na capital Belém e no município de Ananindeua, na Região Metropolitana.

A liderança da comunidade Warao Prosperidade, Gardênia Cooper demonstrou que atendimentos de saúde e cidadania em ações como a do programa "TerPaz nos Bairros" são essenciais e fazem a diferença na vida dos indígenas ao oferecer serviços gratuitos. "Temos muita dificuldade em ter acesso a esses serviços de saúde, principalmente pelo idioma. Muitos Waraos não entendem o Português, é difícil. Então é muito importante que tenha essas ações específicas para os povos", disse.  

O Secretário de Articulação da Cidadania, Igor Normando, explica que a ação do "TerPaz nos Bairros" tem como objetivo garantir melhores condições de vida à população indígena refugiada e migrante no Estado. "A ideia é que a gente possa atender a todos com saúde e cidadania. É fundamental que a gente leve cidadania para todo lugar que precise, garantindo acesso a serviços básicos, respeito aos direitos humanos e inclusão social. Além disso, é necessário promover o diálogo intercultural e a valorização das tradições dessas comunidades, criando um ambiente de acolhimento e integração verdadeira", detalhou.

Warao - Os Warao são um povo indígena oriundo da região do Delta do Rio Orinoco, na Venezuela, que iniciaram um processo de migração forçada massiva para os estados da Amazônia brasileira, além de outras regiões do Brasil e outros países da América do Sul, por conta da generalizada crise social que atravessa o país latino-americano.

Texto: Chrystian Machado (SEAC)