Governo do Pará assina convênio de prorrogação do programa "Bora Belém"

20/05/2022 23h40 - Atualizada em 21/05/2022 10h03

Com o apoio do Governo do Pará, o programa de transferência de renda “Bora Belém” vai ser prorrogado por mais 12 meses. O ato de assinatura do convênio de prorrogação foi assinado nesta sexta-feira (20), na Arena Guilherme Paraense, o Mangueirinho, e contou com a presença do Governador Helder Barbalho.

O programa Bora Belém é executado por meio de cooperação direta entre a prefeitura de Belém e o Governo do Estado. A iniciativa se destina a famílias na faixa da pobreza ou abaixo da linha da pobreza já incluídas no Cadastro Único (CadÚnico), mas que ainda não foram inseridas no programa federal Auxílio Brasil (que substituiu o Bolsa Família) e não recebem outro tipo de auxílio estadual.

“Hoje é um dia histórico pra Belém. Ao longo de todo este período, não há na história da capital paraense um momento em que o governo do Estado tenha repassado para a prefeitura um volume de recurso como este que nós estamos assinando hoje. São 65 canais que serão limpos para evitar alagamentos e ajudar na limpeza urbana; recursos para a pavimentação de ruas. Hoje, ainda liberamos para o programa Bora Belém mais de R$30 milhões para garantir renda mínima às famílias com dignidade e garantindo qualidade de vida para aqueles que antes estavam esquecidos, mas que agora, com esta parceria, passam a ser vistos pelo poder público”, destacou o governador. 

Com o apoio estadual, os valores pagos do benefício foram atualizados de acordo com a composição do núcleo familiar. Mulheres com um filho passarão a receber R$ 200; com dois e três filhos, R$ 350; com quatro ou mais filhos o auxílio chega a R$ 500.

Diene Costa é uma das beneficiadas pelo programa. Ela conta que o auxílio contribui nas despesas com os filhos. “É uma grande ajuda, isso porque eu estou desempregada, meus filhos são menos e foi uma grande ajuda. É o segundo mês que eu estou recebendo. Eu agradeço esse olhar por nós, não só pelo dinheiro, mas pelo bem-estar da população”. 

A Secretaria de Estado de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda (Seaster) é quem atua no repasse de recursos para execução do programa que já atendeu cerca de 16 mil pessoas. 

Ainda durante a ocasião foram entregues títulos de terra para moradores de Belém e do distrito de Icoaraci“Agradecer o esforço de todas as equipes de governo para chegar nesse momento. O apoio que a prefeitura tem dado a esses projetos é fundamental e com a presença financeira do governo do estado, temos conseguido estar ainda mais fortes. Aqui eu agradeço esta parceria, em especial no repasse dos recursos para os programas tão importantes para a nossa população. Hoje nós temos mais de 16 mil famílias recebendo o Bora Belém, pessoas que sofriam com fome e hoje tem a condição de comprar um alimento. Juntos estamos combatendo a fome e contribuindo para um futuro justo e feliz”, comentou o prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues. 

Ainda durante a agenda, o Governo do Estado assinou convênios para a pavimentação de ruas, para a limpeza de canais e ainda entregou títulos de propriedades de terra para moradores dos bairros de Fátima, Bengui, Carmelândia e área central da COHAB, em Icoaraci.

Por Camila Santos (SEASTER)