Estado garante investimento na revitalização do Teatro Museu da Marujada, em Bragança

Governador Helder Barbalho esteve no município participando da festividade e assinando o convênio, que garante o repasse de recursos para as obras

26/12/2021 16h00 - Atualizada em 26/12/2021 16h30

Com mais de 200 anos de existência, a Marujada de São Benedito, principal manifestação cultural e religiosa de Bragança, no Nordeste do Pará, realizada sempre em dezembro, foi retomada neste domingo (26), após interrupção em 2020 por conta da pandemia de Covid-19. Com adaptações para evitar aglomeração, o evento cumpriu os protocolos preventivos, com exigência de comprovação de vacinação, uso de máscaras e higienização das mãos.

O palco das apresentações foi o Teatro Museu da Marujada, que recebeu arquibancadas para melhor acomodar o público. As melhorias no espaço serão ampliadas com o convênio entre governo do Estado e a Prefeitura de Bragança, assinado hoje para revitalização do espaço cultural. O investimento nas obras totalizará R$ 778.320,00. O projeto inclui serviços no piso, climatização e novos banheiros, inclusive para pessoas com deficiência.Governador Helder Barbalho após a assinatura do convênio, ao lado do prefeito, de secretários de Estado, do deputado federal Hélio Leite e de deputados estaduais

O governador Helder Barbalho participou da festividade, e na ocasião autorizou investimentos na valorização da cultura e da infraestrutura da região. “Hoje é um dia de muita felicidade, de mais um momento de devoção a São Benedito, de mais uma Marujada, esta festividade religiosa que se confunde com a cultura, dança, música e história do povo de Bragança. Fico muito feliz de estar junto com a comunidade bragantina festejando este momento”, afirmou o chefe do Executivo estadual.

Presente - Para o presidente da Marujada, João Batista Pinheiro (conhecido por Careca), também diretor do Museu, as melhorias são um presente para o espaço, que foi inaugurado em 26 de dezembro. “Ano passado não fizemos nada, e hoje estamos reunidos felizes e com a fé de cada marujo em São Benedito. Esse convênio do governo com a prefeitura, fruto de emenda parlamentar do deputado federal Hélio Leite, vem para abrilhantar. Nós, marujos e marujas, estamos muito felizes. O Museu é da população, do município e, de modo especial, da Marujada”, afirmou João Pinheiro.A Marujada de São Benedito é uma tradição religiosa e cultural com mais de dois séculos de existência

Segundo o morador de Bragança há mais de 20 anos, Otávio Amorim , “é um dia muito especial. O povo de fora da cidade vem prestigiar. É muito emocionante! É uma felicidade muito grande. O espaço é pequeno para comportar a quantidade de pessoas, e a reforma vem em boa hora, para ser ainda mais acolhedor”.Helder Barbalho acompanhou integrantes da Marujada pelas ruas da cidade de Bragança

No final da manhã, os marujos e marujas – participantes da Marujada - saíram no tradicional cortejo pelas ruas de Bragança, finalizando no almoço do Juiz, um momento de celebração e agradecimento pelas bênçãos, em forma de alimentos.

Também participaram os secretários de Estado de Cultura, Ursula Vidal, e de Turismo, André Dias; os deputados federais Celso Sabino e Hélio Leite, e os deputados estaduais Heloísa Guimarães e Vitor Dias.

Por Dayane Baía (SECOM)