Estado leva cestas de alimentos a famílias atingidas pelas cheias em Belterra

Por meio da Defesa Civil Estadual, o benefício chega até mesmo a famílias que estão com dificuldade de deslocamento

10/06/2021 21h15 - Atualizada em 10/06/2021 23h27

Governador Helder Barbalho durante a entrega de alimentos para centenas de famílias de Belterra“Desde o início da pandemia ficou complicado pra gente. Aí veio a enchente e piorou. A gente ficou sem trabalho, porque os restaurantes fecharam e ficou difícil, porque nem todo mundo conseguiu voltar a trabalhar. Essas cestas vão ajudar, porque não temos outro recurso. Toda ajuda é bem-vinda”. O relato da cozinheira Francimere Miranda, moradora da área próxima à Praia do Pindobal, no município de Belterra, Oeste do Pará, mostra a importância da ação realizada pelo governo do Estado nesta quinta-feira (10), com a presença do governador Helder Barbalho, que cumpria agenda de trabalho na região.

A família de Francimere Miranda é uma 1.500 famílias que estão enfrentando transtornos com as cheias do Rio Tapajós. Para auxiliar esses moradores do oeste paraense, a Defesa Civil vem distribuindo cestas com alimentos para pessoas em situação de vulnerabilidade.O evento reuniu gestores e outras autoridades da região Oeste do Pará

“Essa ação do governo do Estado é direcionada às famílias que sofrem com as cheias dos rios e com a força da chuva na nossa região. A Defesa Civil estadual, em parceria com os municípios, tem buscado identificar as famílias e contemplar com cestas de alimentos, garantindo que se diminuía o sofrimento e possamos atender a esta população mais sofrida”, disse Helder Barbalho.

A família do garçom Reginaldo Silva é uma delas. “Encheu demais as praias do rio e a gente não teve mais como trabalhar. O restaurante onde eu trabalho teve que fechar, como vários outros restaurantes. Muita gente que está aqui depende do movimento da praia; não tem outra forma de ganhar o sustento da família. Essa foi uma coisa boa que fizeram por nós. Vai ajudar muito na minha casa, principalmente porque estou com filho pequeno”, disse Reginaldo, pai de um menino de sete meses.Moradora beneficiada com cesta de alimentos

Ação da Defesa Civil - Foram entregues 1.500 cestas com alimentos para famílias de áreas atingidas pelas cheias no município de Belterra e na área próxima à Rodovia BR-163 (Cuiabá-Santarém). Na ocasião, cerca de 40 famílias receberam logo o benefício. O restante será entregue pela Defesa Civil às famílias que estão com dificuldade de deslocamento por conta das cheias.

Este ano, 33.750 cestas com alimentos foram entregues a famílias afetadas por cheias no Pará. Só nesta quinta-feira, famílias dos municípios de Belterra, Monte Alegre, Almeirim, Prainha, Alenquer, Curuá, Faro, Terra Santa e Óbidos – todos no oeste paraense - receberam o benefício. 

“O governo do Estado, através da Defesa Civil, já disponibilizou 34 mil cestas básicas de ajuda humanitária. É um número que atinge uma parcela considerável da população que necessita. Essas ações continuam durante o ano todo. A Defesa Civil é perene, e o governo do Estado tem cobrado muito para que leve ajuda humanitária para todos os municípios que necessitam”, ressaltou o comandante do Corpo de Bombeiros Militar do Pará, coronel Hayman Apolo Gomes de Souza.Helder Barbalho destacou o trabalho para diminuir o sofrimento da população que sofre com as enchentes

O prefeito de Belterra, Jociclélio Macedo, agradeceu ao Estado a parceria. “Esse ano, além da média das chuvas ser acima da média na nossa região, também houve uma grande cheia do Rio Tapajós. Isso somou à situação difícil causada pela pandemia da Covid-19, e deixou nosso povo em situações difíceis. A gente é muito grato ao governo do Estado por ter essa sensibilidade, de ter promovido uma Defesa Civil atuante em nosso município, para auxiliar essas pessoas que estão em dificuldades”, ressaltou o gestor municipal.

Mais investimentos - O governador também anunciou mais investimentos para o município de Belterra. Helder Barbalho informou que será realizada, nas próximas semanas, a primeira etapa do Programa Asfalto Por Todo o Pará, na sede municipal, com cinco quilômetros de vias pavimentadas. Também será construído o ginásio esportivo, e já estão na fase de planejamento obras na rede de abastecimento de água e de saneamento e na estrada para Pindobal, além da instalação de uma agência do Banco do Estado do Pará (Banpará).

Também participaram do evento os deputados estaduais Ozório Juvenil, Eraldo Pimenta, Hilton Aguiar, José Maria Tapajós, Orlando Lobato, Júnior Hage e Marinor Brito; o secretário Regional de Governo do Oeste do Pará, Henderson Pinto, e vereadores dos municípios de Belterra e Santarém.

Por Tayná Horiguchi (COSANPA)