CPH assina termo de cooperação técnica para construção do Terminal Hidroviário de Altamira

A obra vai fomentar o desenvolvimento da região, garantir mais conforto e segurança nas viagens na região do Xingu, e atenderá aos produtores rurais

07/04/2021 14h15 - Atualizada em 07/04/2021 14h29

Na manhã desta quarta-feira (7), o presidente da Companhia de Portos e Hidrovias do Pará (CPH), Abraão Benassuly, juntamente com o prefeito de Altamira, Claudomiro Gomes, assinou o termo de cooperação técnica para a construção do Terminal Hidroviário de Altamira, na localidade do Assurini. A obra vai fomentar o desenvolvimento da região e atender, principalmente, os produtores rurais do Estado.

“Assinamos hoje o termo de cooperação técnica para futura obra de construção do Terminal Hidroviário do município de Altamira. Será mais um equipamento importante para os usuários da região do Xingu, que terão mais conforto e segurança em suas viagens”, destacou Abraão Benassuly, presidente da CPH.

O documento assinado prevê a elaboração do projeto básico e executivo para construção do terminal hidroviário. A construção de um porto em Assurini vai melhorar a qualidade dos serviços de transporte público hidroviário para os moradores da região, além de ajudar no escoamento de produção. Na oportunidade, o presidente da Companhia e o prefeito do município também falaram sobre o terreno onde será erguido o terminal, localizado às margens do rio Xingu, na orla da cidade. 

"Esse terminal será muito importante para Altamira, vamos atender diretamente mais de 20 mil pessoas, principalmente os produtores rurais da região, é a partir deles que o Estado arrecada parte do ICMS, hoje, no Assurini se concentra um dos maiores polos produtivos do Pará. É uma região bastante rica, e que agora está recebendo a devida atenção por meio do Governo do Estado. Vamos realizar o sonho dos produtores rurais de Altamira, eles vão ter um porto digno para realizarem o seu trabalho, vamos poder dar dignidade aos produtores rurais e agricultores da região”, disse o prefeito de Altamira, Claudomiro Gomes. 

Além dos mais de 20 mil produtores rurais da localidade do Assurini, a obra também vai beneficiar todos os moradores de Altamira, que vão poder utilizar o porto, isto é, cerca de 100 mil usuários, que terão mais conforto e segurança nas viagens na região do Xingu. 

Além do presidente da CPH, Abraão Benassuly, e do prefeito de Altamira , Claudomiro Gomes, participaram do ato o deputado federal Júnior Ferrari e o deputado estadual Osório Juvenil.

Por Bianca Buenaño (COSANPA)