Cohab leva solidariedade e informações sobre o 'Sua Casa' a famílias atingidas por desabamento

Presidente da empresa, Orlando Reis acompanhou a vistoria em Canudos e conversou com familiares da vítima fatal e com os vizinhos do imóvel atingido

18/03/2021 14h53 - Atualizada em 18/03/2021 15h34

O presidente da Cohab, Orlando Reis, conversa com vizinhos do imóvel no qual uma laje desabou e matou uma pessoa, em CanudosA Companhia de Habitação do Estado do Pará (Cohab) acompanhou, nesta quinta-feira (18), uma vistoria técnica da Defesa Civil de Belém em um imóvel no bairro Canudos, onde parte da laje do segundo andar desabou pela manhã. Claudiney dos Santos Nascimento, 42 anos, foi atingido pelos escombros, não resistiu e morreu no local.

O presidente da Cohab, Orlando Reis, foi ao local do incidente, conversou com familiares da vítima e moradores da área. Ele lamentou o ocorrido. “Estamos trazendo a solidariedade do governo do Estado e por meio da Cohab faremos o levantamento das famílias que foram impactadas por este sinistro. Vamos verificar o que pode ser feito por essas pessoas que foram realmente afetadas”.

Ao conversar com jornalistas no local, Orlando Reis explicou que a Companhia de Habitação não tem a atribuição de vistoriar obras e imóveis particulares e informou ainda que, em casos de sinistros como este, existe a possibilidade das famílias impactadas serem incluídas em programas habitacionais.

“Nós estamos aqui para ver de que forma essas famílias podem ser incluídas. Nós temos o 'Sua Casa', que fornece auxílio para o pagamento do material de construção e para a mão-de-obra. Para isso, a equipe social fará o levantamento”, informou o presidente da Cohab.  

Agente da Defesa Civil isola imóvel em Canudos, onde houve o desabamento da laje: Cohab disponibiliza às famílias auxílio habitacionalO imóvel no qual parte da laje desabou é um residencial de apartamentos de um quarto. Dona Cirlei do Socorro Moraes de Sousa é uma das vizinhas da casa onde houve a queda da estrutura. A moradora e os filhos se preparavam para almoçar quando ouviram o barulho. “Eu ainda estou assustada e não quero mais ficar aqui. Vou precisar de ajuda para sair daqui com meu casal de filhos”, contou. 

AUXÍLIO

A Cohab aguardará a conclusão do laudo da Defesa Civil Municipal para concluir o cadastramento das famílias no “Sua Casa”, programa do Governo do Estado que concede auxílio de até 21 mil reais para construção, reconstrução e reforma de casas de moradores com renda familiar de até 3 salários mínimos. 

Todos os valores concedidos são calculados levando em consideração dados previstos em uma tabela técnica. Para receber os benefícios, os candidatos devem atender aos critérios - estabelecidos em lei - para serem inscritos. Após a inscrição, a Cohab seleciona, gradativamente, os inscritos com base na ordem de prioridades previstas nas diretrizes do programa.

SERVIÇO

Vítimas de desabamento e outros sinistros que quiserem se inscrever no programa “Sua Casa” devem acionar a Cohab por meio do telefone (91) 3214-8521.

Os atendimentos ao público estão momentaneamente suspensos durante o período de lockdown.

Por Ronan Frias (COHAB)