Governo firma parceria com municípios da região metropolitana para obras de mobilidade urbana

As melhorias em infraestutura viária incluem a requalificação da BR-316 para o BRT Metropolitano, construção de viadutos e a duplicação da rua Padre Bruno Secchi

21/02/2021 12h39 - Atualizada em 21/02/2021 14h34

Equipe do Núcleo de Gerenciamento de Transporte Metropolitano (NGTM) mantém reuniões com gestores da região metropolitanaO Governo do Estado quer otimizar as obras de mobilidade urbana e infraestrutura viária, juntamente com os municípios da Região Metropolitana de Belém (RMB), para melhorar a qualidade de vida da população. O diálogo aberto ao longo das últimas semanas com os atuais gestores municipais, debateu grandes projetos executados pelo Executivo. Entre as principais obras estão a rodovia BR-316, a rua Padre Bruno Secchi e a construção de três viadutos.

A requalificação dos primeiros 10,8 km da BR-316, que se dá cerca de 75% dentro de Ananindeua, repercutirá também em Belém e Marituba, já que o principal objetivo é a implantação do sistema integrado de transporte na RMB, o BRT Metropolitano, beneficiando cerca de 2,5 milhões de pessoas, sobretudo, os usuários do transporte público. 

Com 60% da obra executada ao longo de 4,2 km da rua Padre Bruno Secchi, os trabalhos devem ser concluídos ainda este ano, com o mesmo conceito de requalificação da Rodovia do Tapanã – entregue em outubro do ano passado - o que inclui duplicação, drenagem, pavimentação, ciclofaixa, calçadas com acessibilidade, reurbanização e nova iluminação pública. Após o término dos trabalhos, a manutenção da rua será de responsabilidade da Prefeitura de Belém por se tratar de uma via municipal.

Em fase de conclusão da elaboração de projetos feitos pela Secretaria de Estado de Transporte (Setran), o Governo, por meio do Núcleo de Gerenciamento de Transporte Metropolitano (NGTM), pretende construir três viadutos: na rodovia Mário Covas com avenida Independência; na rodovia Mário Covas com avenida Três Corações; e na avenida João Paulo II com avenida Perimetral.

“Os viadutos são de grande importância para a mobilidade, uma vez que nos pontos de intercessão terão o tráfego contínuo sem que haja retenção. Ressaltamos que o Governo já solicitou à JICA [Agência de Cooperação Internacional do Japão] para que seja inserido no saldo remanescente de recursos do projeto da BR-316, dois viadutos na rodovia, um para o acesso à Alça Viária, outro para a avenida Independência”, destaca o engenheiro Eduardo Ribeiro, diretor geral do NGTM.

INVESTIMENTOS

A série de reuniões que debateu a parceria para otimizar as obras também apresentou os investimentos que estão sendo feitos pelo Governo e de que forma as prefeituras poderão contribuir na solução de gargalos que são de responsabilidades municipais. Os encontros foram realizados pela diretoria técnica do NGTM com os prefeitos e gestores de Belém, Ananindeua, Marituba, Benevides e Santa Bárbara.

“As reuniões foram proveitosas porque foi explicado aos representantes dos municípios qual o objetivo do NGTM e, principalmente, sobre o desenvolvimento dos projetos de mobilidade urbana na região”, afirma Ribeiro.

“O entendimento foi total e formado compromisso de trabalharmos em conjunto para que esses investimentos repercutam o mais rápido possível, beneficiando a população”, acrescenta.

Para o prefeito de Ananindeua, Daniel Santos, a parceria de trabalho é importante para melhorar as condições do município. “Fiquei muito feliz em saber que três projetos importantíssimos para nós, que são dos viadutos, estão em fase bem adiantada”, disse.

Na reunião com a prefeita de Marituba, Patrícia Mendes, ela ressaltou a importância da parceria em prol da população. “Foi uma reunião muito produtiva, onde pudemos discutir a questão do transporte para os próximos anos. A população ganha com o BRT e, automaticamente, a gestão também. Vamos discutir com o transporte público municipal para que juntos possamos nos adequar ao BRT”, disse ela.

Por Michelle Daniel (NGTM)