Pará apresenta relatório em evento internacional com ações para preservação da Amazônia

Helder Barbalho foi o primeiro governador do mundo a aderir ao Movimento Relatório Local Voluntário

24/09/2020 10h48 - Atualizada em 24/09/2020 11h39
Por Leonardo Nunes (SECOM)

O governador e a secretária Hana Ghassan durante o evento 'Visão global | Ação urbana', articulado pela ONUO governador Helder Barbalho apresentou, na manhã desta quinta-feira (24), o primeiro Relatório Local Voluntário com a institucionalização da Agenda 2030, no Pará. A apresentação foi realizada durante o evento internacional "Visão global | Ação urbana: Atingindo a meta global por meio local e regional". Realizado via internet em virtude da pandemia, é articulado pela Organização das Nações Unidas (ONU), em parceria com as prefeituras de Nova Iorque (Estados Unidos) e Helsinque (Finlândia).

O documento apresentado pelo governador descreve um conjunto de objetivos que fazem parte do alinhamento do Plano Plurianual 2020-2023, da Lei Orçamentária e as diretrizes do Plano Estadual Amazônia Agora, com políticas públicas criadas pelo Governo do Estado para combater o desmatamento, reduzir os impactos das mudanças climáticas e promover o desenvolvimento socioambiental.

Documento apresentado por Helder reúne um conjunto de objetivos para combater o desmatamento, reduzir os impactos das mudanças climáticas e promover o desenvolvimento socioambiental“A Agenda 2030 é uma ferramenta poderosa para os tomadores de decisão. Ela nos ajuda a entender que não podemos enfrentar a Covid-19 focando apenas na saúde. Precisamos também destinar nossos recursos para promover a economia local e cuidar dos mais vulneráveis. Vamos engajar todos os atores-chave neste processo de implementação da Agenda 2030. Desejamos fomentar um esforço coletivo e articulado rumo a um futuro sustentável, capaz de adaptar-se às mudanças e de superar obstáculos, um mundo mais justo e com mais oportunidades, em que ninguém é deixado para trás”, afirmou o governador durante o evento.

A agenda reuniu representantes de vários governos e instituições subnacionais internacionais para discutir os desafios da sociedade mundial, como a redução das desigualdades, as questões ambientais e a pandemia do novo coronavírus. Pelo Brasil, apenas os estados do Pará e São Paulo participaram do evento. Pelo Estado, além do governador, também participou a secretária de Planejamento e Administração, Hana Ghassan.

Helder Barbalho foi o primeiro governador do mundo a aderir ao Movimento Relatório Local Voluntário, que reporta o progresso da implementação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Agenda reuniu representantes de vários governos e instituições subnacionais internacionais

“Espero que mais governadores e prefeitos se engajem no Movimento para que possamos ampliar essa importante rede de troca de experiências entre autoridades locais que, assim como eu, entendem que a Agenda 2030 oferece uma visão holística da administração pública e as diretrizes para enfrentar os maiores desafios da sociedade global, como a redução das desigualdades, as questões ambientais e a pandemia da Covid-19” - governador Helder Barbalho.

Pelo Brasil, apenas os estados do Pará e São Paulo participaram do eventoParticipação do Pará na agenda 2030

Desde 2018, a prefeitura de Nova Iorque faz uma articulação com a ONU, que passou a receber relatórios de governos subnacionais para firmar o compromisso com a Agenda 2030. Desde setembro de 2019, 208 governos locais do mundo aderiram a esse movimento.

Helder Barbalho é o primeiro governador do mundo a assinar a Declaração Relatório Local Voluntário, firmando esses compromissos.