Governo assina Projeto de Lei que cria o Plano Xingu Sustentável

Assinado pelo governador Helder Barbalho na presença dos prefeitos da região, o projeto destina R$ 40 milhões para os municípios do Consórcio Belo Monte

27/07/2020 18h24 - Atualizada em 27/07/2020 19h00
Por Leonardo Nunes (SECOM)

Governador Helder Barbalho no ato de assinatura do Projeto de Lei, que agora segue para a apreciação da Assembleia Legislativa O governador Helder Barbalho recebeu, na tarde desta segunda-feira (27), um grupo de prefeitos dos municípios que integram o Consórcio Belo Monte, localizado na Região de Integração Xingu. A pauta do encontro foi o Projeto de Lei assinado pelo governador, que cria o Plano Xingu Sustentável. A medida busca viabilizar a destinação de R$ 40 milhões em investimentos voltados à infraestrutura dos municípios. Os recursos têm como origem royalties da usina hidrelétrica instalada na região.Helder Barbalho (c) e os prefeitos da região de influência da Hidrelétrica de Belo Monte

Assinado na presença dos prefeitos, o documento será enviado para a Assembleia Legislativa (Alepa) nesta terça-feira (28). O prefeito de Brasil Novo, Alexandre Lunelli (PSC), que também é vice-presidente da Associação Consórcio Belo Monte (ACBM), ressaltou que o ato é uma conquista importante dos municípios para acessarem recursos e assim realizarem investimentos. A assinatura ocorreu no Palácio dos Despachos, em Belém

“Hoje, o principal avanço foi a assinatura do Plano Xingu Sustentável, que tem em torno de R$ 40 milhões em royalties de Belo Monte. Em uma negociação feita pelo Governo, os recursos devem retornar em forma de projetos para atender os 12 municípios do consórcio, principalmente em áreas de estradas vicinais e pontes. Esperamos que os municípios tenham acesso aos recursos ainda neste ano, para que possam implantar boas politicas públicas na região do Xingu e Transamazônica", disse o gestor público.O prefeito de Pacajá, Chico Tozetti, ressaltou a atuação do Executivo na defesa de temas de interesse dos municípios

O prefeito de Pacajá, Chico Tozetti (DEM), ressaltou o suporte do Executivo estadual na abordagem de temas de interesse dos municípios.  “Esse projeto é de grande importância e vai dar aos municípios a possibilidade de atuarem com mais veemência, destinando investimentos em regiões urbanas e rurais”, destacou o prefeito.