Revitalização do Complexo CDP muda rotina de moradores

Cosanpa perfurou novo poço de 240 m de profundidade e executa melhorias que põem fim a sistema de rodízio existente há mais de 30 anos em bairros como Maracangalha, Val-de-Cans e Barreiro

08/07/2020 15h05 - Atualizada em 08/07/2020 15h32
Por Tayná Horiguchi (COSANPA)

Quem mora nos bairros Maracangalha, Val-de-Cans e Barreiro, em Belém, conviveu durante décadas com a interrupção diária no abastecimento de água. Pelo menos duas vezes ao dia, o fornecimento era suspenso para reabastecimento dos reservatórios. Agora essa rotina começa a mudar.Presidente da Cosanpa, José Antonio De Angelis visitou o Complexo CDP juntamente com técnicos da companhia nesta quarta-feira (08)

O sistema Companhia Docas do Pará, mais conhecido pelos moradores da área, como Sistema CDP, é o que abastece os citados bairros. O CDP foi entregue pela gestão anterior sucateado, com apenas quatro de oito poços funcionando. Contudo, apenas dois tinham funcionamento satisfatório.

A Gestão Helder Barbalho iniciou, em 2019 um novo projeto para melhorar o abastecimento na área. O investimento é de R$ 1,8 milhão, para perfuração de um novo poço de 240 metros de profundidade; recuperação com filmagem, limpeza e equipamento dos poços 3 e 6; limpeza de dos poços 1 e 5; revitalização e reativação do reservatório elevado parado há cerca de cinco anos, além da pintura e urbanização do complexo.



Presidente da Companhia de Saneamento do Pará, José Antonio De Angelis explica as etapas da obra. “Primeiro, realizamos a perfuração de mais um poço. Segundo, a revitalização de dois poços já existentes: o poço 3 e o poço 6. Com isso, nós conseguimos aumentar a produção de água para o setor''.

O titular da Cosanpa frisou que "agora, estamos trabalhando na regularização desse abastecimento, o bombeamento, o sistema de distribuição de água para a população. Com isso, já conseguimos deixar o abastecimento pleno, em funcionamento, para que a população dessa área saia do rodízio que existia há mais de 30 anos”.

Nesta quarta-feira (8), o presidente da Cosanpa esteve no Complexo CDP para acompanhar as obras no local. Com a perfuração do novo poço e as melhorias, os testes finais de distribuição já estão sendo feitos e não está sendo mais necessário interromper o abastecimento durante o dia para reabastecimento do reservatório.

Em breve, a intermitência que havia no sistema irá acabar e a população dos bairros Maracangalha, Val de Cans e parte do Barreiro contará com abastecimento contínuo. “Agora, são os ajustes finais e a urbanização, pintura para deixar tudo pronto e organizado, como prometemos que faríamos para melhorar o abastecimento na área do CDP”, finalizou De Angelis.