Estado vai investir R$ 18 milhões na construção do primeiro hospital pediátrico de Ananindeua

A população do município vai dispor de um hospital com 70 leitos, incluindo de UTIs, para ampliar o atendimento na Região Metropolitana

27/03/2020 20h14 - Atualizada em 27/03/2020 21h23
Por Leonardo Nunes (SECOM)

O governador Helder Barbalho (e) o prefeito de Ananindeua, Manoel Pioneiro, no ato de assinatura do convênioUm convênio assinado nesta sexta-feira (27), entre o Governo do Estado, a Prefeitura Municipal de Ananindeua e a Assembleia Legislativa do Estado do Pará (Alepa) vai tirar do papel uma antiga reivindicação da população: a construção do primeiro hospital pediátrico do município. Com a medida, o Estado vai investir R$ 18 milhões na construção do novo espaço e compra de equipamentos. Serão criados 70 novos leitos, incluindo Unidades de Terapia Intensiva (UTI). O convênio foi assinado no Palácio do Governo, em Belém.O titular da Sespa, Alberto Beltrame, também assinou o convênio para construção do hospital

Durante o ato, o governador Helder Barbalho adiantou que o novo hospital será construído em anexo à área da atual Unidade de Saúde Básica (UBS) do município, localizada no bairro Cidade Nova VI. O governador detalhou, ainda, que de acordo com o convênio o processo licitatório e a gestão da nova unidade hospitalar serão feitos pelo Poder Executivo Municipal.

“Todos nós sabemos o quanto o município de Ananindeua, que conta com cerca de 600 mil habitantes, necessita deste importante equipamento público para cuidar de nossas crianças. Vale destacar que o impacto positivo vai além do município, pois o hospital vai servir e desafogar a Região Metropolitana”, destacou Helder Barbalho.Ao lado do presidente da Alepa, Daniel Santos (e) e do prefeito Manoel Pioneiro (d), Helder Barbalho destacou o impacto positivo da obra, que vai além do município

Data histórica - “Essa parceria que prevê a aproximação de Governo e Prefeitura na área da saúde é de extrema importância. O avanço para o Hospital Infantil de Ananindeua chega em uma boa hora, onde a sociedade está preocupada e discutindo sobre saúde”, completou o prefeito de Ananindeua, Manoel Pioneiro.O prefeito Manoel Pioneiro ressaltou a importância da parceria com o Governo na área da saúde

Já o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Daniel Santos, ressaltou o empenho de técnicos do Executivo estadual que buscaram alternativas para reduzir a burocracia e agilizar a viabilidade do convênio. “Só através da União vamos construir uma Ananindeua e um Pará melhor. Esse é um convênio que realiza um sonho de ser o primeiro hospital público pediátrico do Estado. Uma data histórica”, reiterou o parlamentar.