Saúde pública do Pará tem reforço superior a R$ 25 milhões para combate ao novo Coronavírus

Os recursos, oriundos da União e do Tesouro estadual, serão distribuídos para ações na Atenção Básica aos 144 municípios

23/03/2020 17h10 - Atualizada em 23/03/2020 18h09
Por Jackie Carrera (SECOM)

O governador Helder Barbalho, secretários de Estado e membros do Cosems na reunião sobre os investimentos na saúdeNesta segunda-feira (23), o Pará ganha um reforço financeiro da União, e de recursos do Tesouro estadual, para custear ações de enfrentamento ao novo Coronavírus nos 144 municípios. O governador Helder Barbalho se reuniu com gestores das principais secretarias de Estado, incluindo as de Saúde Pública (Sespa) e de Planejamento e Administração (Seplad), e com a diretoria do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Estado do Pará (Cosems-PA) para deliberar sobre o repasse desse montante, que representa um investimento superior a R$ 25 milhões na área da saúde. A União repassou R$ 17,2 milhões ao Pará, e o Estado terá contrapartida de R$ 7,8 milhões. 

“A União decidiu repassar R$ 2,00 per capita para os estados brasileiros. Como o Pará tem 8 milhões e 600 mil habitantes, recebemos R$ 17,2 milhões. Esse dinheiro será integralmente repassado para despesas com ações contra o novo Coronavírus. Além disso, vamos antecipar um mês de contrapartidas da área da saúde do Estado, que representa mais de R$ 8 milhões. São recursos que irão imediatamente para as contas dos municípios, fundo a fundo, ainda hoje ou amanhã”, esclareceu o secretário de Estado de Saúde Pública, Alberto Beltrame.Ao lado do secretário Alberto Beltrame (e), Helder Barbalho garantiu a contrapartida do Estado

A secretária de Estado de Administração e Planejamento, Hana Ghassan, disse que as secretarias municipais irão gerenciar o uso dos recursos nos seus respectivos planos de contingência. “Esses repasses são imediatos. O governador decidiu que irá repassar esses R$ 17 milhões para os municípios que lidam com a Atenção Básica de Saúde. Além disso, tem a contrapartida do Estado. E a distribuição desse recurso nesses municípios deverá ser feita na mesma proporção per capita”, informou a titular da Seplad.

Também participaram da reunião o vice-governador Lúcio Vale e o presidente da Assembleia Legislativa do Pará, deputado Daniel Santos.

Os recursos vão custear ações de enfrentamento ao novo Coronavírus nos 144 municípios paraenses