Governo vai pavimentar trecho da PA-483, incluindo o Trevo do Peteca

O investimento do Estado, superior a R$ 15 milhões, vai melhorar o acesso ao Porto de Vila do Conde

05/03/2020 20h03 - Atualizada em 06/03/2020 10h27
Por Kátia Aguiar (SETRAN)

O secretário de Estado de Transportes (Setran), Pádua Andrade, assinou nesta quinta-feira (5) a Ordem de Serviço (OS) para pavimentação da Rodovia PA-483, trecho do Entroncamento da Alça Viária, incluindo o Trevo do Peteca, no KM-04, até Vila do Conde, município de Barcarena, na Região de Integração do Tocantins. Segundo Pádua Andrade, a obra envolve um contrato superior a R$ 15 milhões, e vai garantir pavimentação de 19,8 quilômetros da rodovia, uma das mais importantes para a economia do Pará, pois dá acesso ao Porto de Vila do Conde, de onde partem produtos para o exterior.

O secretário Pádua Andrade (d) no ato de assinatura da Ordem de Serviço"Houve alguns problemas administrativos no decorrer da licitação para contratação da empresa que vai executar o serviço, pois as duas primeiras empresas vencedoras desistiram da contratação. A Setran teve de assinar a OS com a terceira empresa da lista de vencedores, e ela terá até 15 dias para mobilizar máquinas e equipamentos e iniciar a obra pelos pontos mais críticos da rodovia”, detalhou o secretário.

A Polícia Rodoviária Estadual (PRE) garante que, por dia, 900 caminhões trafegam pala PA-483 e utilizam a área do Trevo do Peteca como estacionamento, para aguardar a hora de carga e descarga no Porto de Vila do Conde, por onde são exportados minerais (bauxita e minério de ferro), vegetais (soja e milho) e bois vivos, entre outros produtos.O prefeito de Barcarena, Paulo Alcântara, e outras autoridades e lideranças do município

Economia e mobilidade - Segundo o prefeito de Barcarena, Paulo Alcântara, as boas condições de trafegabilidade da rodovia são imprescindíveis para a economia e a mobilidade dentro do município. “Nós temos três PAs no município (483, 481 e 151), e eu tenho certeza absoluta que agora a estrada vai fazer com que a mobilidade urbana na Vila do Conde seja finalmente resolvida, para escoar toda a produção para a exportação no município de Barcarena”, acrescentou.

Importante polo industrial, Barcarena também faz industrialização, beneficiamento e exportação de caulim, alumina e alumínio, entre outros produtos. Para o deputado estadual Renato Ogawa, presente ao ato de assinatura, é importante que seja respeitado o limite de cargas pelos caminhões que trafegam na PA-483. “Tem de haver mais rigor no controle do peso desses veículos, pois a Setran pode fazer o melhor trabalho técnico no asfalto da via, que nos vamos continuar tendo problemas lá”, frisou o deputado.