Cosanpa vistoria obras de ampliação da rede de abastecimento de água em Santarém

Retomado em outubro do ano passado, o projeto de saneamento envolve quase R$ 130 milhões em investimentos

21/01/2020 20h19 - Atualizada em 22/01/2020 10h06
Por Tayná Horiguchi (COSANPA)

Acompanhar de perto as obras executadas em Santarém, na região do Baixo Amazonas (oeste do Pará), foi o objetivo da vistoria realizada nesta terça-feira (21), por técnicos da Companhia de Saneamento do Pará (Cosanpa), em três frentes de trabalho do projeto de ampliação do sistema de abastecimento de água na sede municipal, nos bairros Nova República e Livramento. A equipe também esteve na sede da Companhia no município e na Estação de Tratamento de Esgoto Mapiri, operada pela Cosanpa, que passa por obras de revitalização. Os investimentos no município estavam paralisados desde 2016. Em outubro de 2019, a obra de saneamento foi retomada.A equipe da Cosanpa durante a vistoria às obras de saneamento em Santarém

No final da tarde, houve reunião com equipes da Prefeitura de Santarém e do Centro Regional de Governo do Baixo Amazonas. De acordo com o secretário Regional de Governo, Henderson Pinto, a reunião foi produtiva. “Esse alinhamento é importante e está consolidado. Com certeza, quem vai ganhar com isso é a população, que vai ter atendimento melhorado. Infelizmente, a Cosanpa foi sucateada ao longo dos anos, e nosso papel agora é resgatar isso, para que a Companhia passe a ser uma referência. Tenho convicção de que dentro do prazo de dois anos vamos dar uma resposta muito positiva para a população”, afirmou o secretário regional.

Abastecimento - A obra, orçada em quase R$ 130 milhões, envolve a perfuração de seis poços (dois já sendo perfurados) e construção de cinco reservatórios e 300 quilômetros de novas redes, para levar o abastecimento de água para mais de 20 bairros. Até o momento, 30% dos trabalhos foram executados. A previsão de conclusão é em 2021.

O Estado retomou a obra, que vai beneficiar moradores dos bairros nos bairros Nova República e LivramentoO presidente da Cosanpa, José Antonio De Angelis, detalhou ao prefeito as obras em andamento, e assegurou que “daqui a dois anos vamos ter 95% da população urbana atendida, com eficiência e qualidade”.

Segundo o prefeito de Santarém, Nélio Aguiar, é muito importante a presença do presidente da Cosanpa em Santarém, com a equipe técnica, para acompanhar obras que vão melhorar a prestação de serviços públicos. “Solicitamos uma atenção especial à questão da manutenção emergencial, já que estamos distantes da capital. É necessária uma estrutura melhor aqui. Foi apresentado um plano de investimento com a perfuração de poços, reservatórios, implantação de redes. Nós elencamos o bairro Alvorada como prioridade, já que não é atendido pela Cosanpa e nem por microssistema”, disse o prefeito.