CIIR participa de evento para inclusão de PcD no Marajó

24/08/2019 11h30 - Atualizada em 24/08/2019 14h57
Por Vera Rojas (HEMOPA)

O Centro Integrado de Inclusão e Reabilitação (CIIR), por meio de seu diretor executivo, José Neto, participou do III Seminário: A Inclusão da Pessoa com Deficiência no Marajó- intitulado Nada sobre nós, sem nós no Marajó, dias 23 e 24 de agosto.

O seminário teve o objetivo de promover o debate sobre a importância da pessoa com deficiência e seus familiares nas discussões de políticas, promover debate sobre a legislações vigentes e seus desafios para implementação no Marajó, mapear a situação das PCDS,  através dos grupos de trabalhos e difundir politicas existentes no Pará voltadas para a PCD, além de fortalecer a inclusão da PCD no Marajó. 

Entre os 14 palestrantes que abordaram os mais diversos temas de interesse do universo da PcD, José Neto ministrou palestra sobre “Serviços, programas e fluxograma do CIIR”. A reunião anual contou com a participação e apoio de instituições púbicos, privadas e ONG´s.

Durante a palestra, o gestor destacou o avanço na assistência à PcD oferecida pelo CIIR,  órgão do Governo do estado, que dispõe de diversas especialidades e tecnologias, voltados sempre prezando pela acessibilidade, assistência segura, de qualidade e humanizada aos usuários do Sistema Único de Saúde – SUS.

Com modelo inovador de assistência de média e alta complexidade, o Centro de Reabilitação possui uma estrutura singular com Centro Especializado em Reabilitação (CER IV) destinado ao atendimento de pessoas com deficiência auditiva, física, intelectual e visual. O destaque vai para a Oficina Ortopédica Fixa.

Os usuários contam também com um Centro de Especialidades Odontológicas (CEO II) para atendimento das complexidades com diversos procedimentos, inclusive de cirurgia oral e todo serviço de periodontia e endodontia. E isso não é tudo. O CIIR oferece serviço de apoio e diagnóstico.

José Neto encerrou a palestra enfatizando a forma de acesso ao serviço, por meio do Sistema de Regulação da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa).

“É uma honra participar de mais uma edição deste evento com apresentação dos serviços ofertados pelo Governo do Estado, por meio do CIIR, que neste seminário, destacou seu fluxo de atendimento e regulação. Vir à ilha do Marajó e colaborar para o fortalecimento do  MIM é um privilégio, por trabalhar incansavelmente a inclusão e acessibilidade, não importando a distância e desafios”, disse Neto.

De acordo com a organização do evento, a  expectativa para a III edição neste ano de 2019, é alcançar um melhor resultado com o envolvimento de sujeitos capazes de refletir, identificar problemáticas da realidade marajoara e concentrar esforços para um posterior momento encaminhar o mapeamento por meio de CARTA, com o apoio da comunidade Marajoara, às autoridades competentes.

O evento foi realizado pelo Movimento pela Inclusão no Marajó (MIM), no auditório Dalcídio Jurandir, no Campus da Universidade Federal do Pará (UFPA), em Breves.

Ao final, os participantes receberam certificados de “Colaborador das Ações do MIM”, contribuindo com fortalecimento da inclusão da PcD no Marajó.