Governo dialoga com empresas portuárias construção de estrada em Santarenzinho

12/08/2019 15h51 - Atualizada em 12/08/2019 16h48
Por William Serique (SECOM)

Via de acesso ao distrito foi tratada em reunião entre o governador Helder Barbalho, prefeitos, deputados e o secretário Iran LimaNa manhã desta segunda-feira (12), o governador do Estado, Helder Barbalho, recebeu no Palácio do Governo, em Belém, os prefeitos de Itaituba, Valmir Clímaco; de Rurópolis, Joselino Padilha, conhecido como “Taká”; os deputados estaduais Hilton Aguiar e Eraldo Pimenta, e representantes de empresas portuárias. O encontro tratou sobre a construção de uma estrada de acesso ao distrito de Santarenzinho. O secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (Sedeme), Iran Lima, também esteve presente.

Santarenzinho fica na bacia do Tapajós, deve abrigar um distrito portuário semelhante ao de Miritituba, e se converter em pólo de exportação de commodities, atraindo investimentos e gerando emprego e renda para a população.

O deputado estadual Eraldo Pimenta destacou a importância da reunião, já que a região interliga um dos maiores produtores de itens para exportação, que é o Mato Grosso, a Miritituba, que será um dos portos de maior fluxo para a exportação do Pará. “Ao fazer essa conexão, vamos ter um fluxo de transporte, de carretas, muito grande. Com essa opção de estrada, o Estado vai ter mais condições de investimentos e de emprego e renda para a região”, pontuou.

Para o secretário Iran Lima, o encontro foi positivo e o governo estará sempre aberto para receber propostas de novos investimentos para o Estado.

“A estrada pronta possibilitará a instalação de diversos empreendimentos portuários na região, principalmente, de grandes empresas internacionais e nacionais, que são produtores de soja e milho, e que vão fazer exportação desses grãos para o mundo todo. Com isso, a geração de emprego e renda é muito grande para a região”, destacou. “O governo sinalizou que tem interesse em fazer a parte do Estado, mas desde que as empresas comecem a geração de emprego naquela área”.

Estiveram presentes representantes das empresas Transportes Bertolini, Comina, Calreis, Porto Tapajós e LDC. Após a reunião, os prefeitos juntamente com os representantes das empresas foram até a Secretaria de Estado de Transportes (Setran), onde o titular da pasta irá estimar o valor da construção.