Governo e seis prefeituras do Marajó definem investimentos na infraestrutura da região

10/08/2019 18h28 - Atualizada em 10/08/2019 20h12
Por Governo do Pará (SECOM)

Na reunião com prefeitos e vereadores, Helder Barbalho ouviu e atendeu demandas dos municípiosNo último dia de ações do Programa Governo Por Todo o Pará em Soure, no Arquipélago do Marajó, neste sábado (10), o governador Helder Barbalho, o vice-governador Lúcio Vale e secretários de Estado se reuniram com prefeitos, vereadores e lideranças locais para encontrar soluções e atender as necessidades da população de seis municípios da região. O encontro foi realizado no Campus da Universidade Federal do Pará (UFPA), com a participação de autoridades de Muaná, Ponta de Pedras, Soure, Salvaterra, Cachoeira do Arari e Santa Cruz do Arari. 

Ponta de Pedras - A comitiva do município, formada pelo prefeito Pedro Tavares e vereadores, solicitou investimentos na melhoria da estrutura rodoviária do município. “Nossas reivindicações principais foram o asfalto na cidade, e já ficou acertado que até o início do próximo mês vamos definir os locais. Também solicitamos um terminal hidroviário no município, já que estamos na fase final de planejamento. Também pedimos asfalto na estrada e uma ponte na estrada da Mangabeira”, informou o prefeito.

O governador Helder Barbalho (c), parlamentares e autoridades locais no Campus da UFPACachoeira do Arari - O prefeito Jaime Barbosa requisitou, principalmente, asfaltamento na cidade e o custeio do hospital local. “Primeiramente, gostaríamos de parabenizar o governador pela visitas aos municípios. Eu saio muito feliz da reunião porque fomos contemplados com asfalto na cidade, custeio do hospital municipal, uma quadra esportiva. Então, nossa expectativa está realmente virando uma realidade. Também existem outras demandas, mas essas foram mais urgentes”, disse o prefeito Jaime Barbosa. 

Santa Cruz do Arari - Na conversa com o governador, o prefeito Antônio Almeida foi acompanhado por vereadores, que pediram saneamento básico e asfaltamento de vias da sede municipal. “Hoje o governador está conhecendo a realidade do Marajó. Temos uma parte que vive do extrativismo e outra da pecuária. Essa vinda ao Marajó é muito importando pra nós”, destacou o prefeito de Santa Cruz do Arari. 

Salvaterra - Acompanhado por vereadores e empresários locais, o prefeito de Salvaterra, Valentim Oliveira, agradeceu ao governador pelas verbas repassadas para a construção do muro de arrimo na Praia Grande, e também solicitou a urbanização do local. Os vereadores pediram a finalização do hospital municipal de Salvaterra, reformas em escolas estaduais e na escola técnica de produção de Salvaterra, além de asfaltamento de estradas vicinais. 

“Como temos uma grande demanda turística, solicitamos a urbanização da orla da Praia Grande, asfalto nas vicinais, já que temos 240 quilômetros de estradas, as parcelas para conclusão do nosso hospital e o custo para o término de uma escola na comunidade de Condeixa. O governador já deu ordens para que sejam cumpridas essas demandas”, informou Valentim Oliveira. 

Muaná - O prefeito Murilo Guimarães, acompanhado por vereadores e empresários de Muaná, pediu melhorias na infraestrutura do município. "Sem dúvida nenhuma, precisamos de asfalto, infraestrutura de pontes para bairros da sede municipal e a construção de uma orla. As principais demandas foram ouvidas pelo governador, e já saímos daqui com tudo certo. Essas obras sairão futuramente", destacou Murilo Guimarães.

Soure - Também conhecida como "Pérola do Marajó", Soure também enfrenta problemas de infraestrutura. O prefeito Carlos Gouvea solicitou ao governador melhorias para asfaltamento das ruas da cidade, sistema se abastecimento de água para comunidades e a criação de um museu marajoara na sede municipal. 

“Somos uma cidade com avenidas e travessas largas. Nossa principal solicitação foi o asfaltamento das ruas para melhor receber os turistas. Também pedimos melhorias no abastecimento de água da cidade e periferia. Também tivemos demandas de saúde e educação, mas o principal foi pedir apoio para melhoria do nosso hospital municipal, que recebe demanda de outros municípios. Nós ficamos felizes com a presença do governo em Soure”, frisou o prefeito.A reunião estreitou o diálogo entre o governo do Estado e prefeituras do Marajó

O governador Helder Barbalho destacou a importância das reuniões com os prefeitos, vereadores e lideranças locais do Marajó para ouvir as demandas locais, e garantiu que, na medida do possível, todas serão atendidas em breve. "Valorizar o envolvimento da sociedade local, de todos os representantes dos municípios, é extremamente importante, para que nós possamos trabalhar juntos vendo obras e ações estratégicas na região. Isso faz com que se agilizem as iniciativas, e torna o governo mais eficiente para enfrentar os problemas. Essa aproximação nos dá, seguramente, tranquilidade para trabalhar mais e melhor para a população do Marajó", frisou o governador.

Visita - Ainda em Soure, pela manhã o governador visitou o navio da Marinha do Brasil que estava atracado no trapiche de Soure. Desde a sexta-feira (09), uma ação de saúde e cidadania, com a participação de algumas secretarias do Estado, atendeu a população com consultas médicas, exames especializados e atendimento jurídico. 

Em Soure também foram inauguradas a sede do Cras (Centro de Referência de Assistência Social) da comunidade Bom Futuro e do prédio da nova Secretaria Municipal de Saúde.

Terminais - Durante o Governo por Todo o Pará, o presidente da Companhia de Portos e Hidrovias do Pará, Abraão Benassuly, juntamente com o governador e prefeitos, assinou as ordens de serviço para elaboração de projetos de reforma e adequação dos terminais hidroviários de Cachoeira do Arari, Santa Cruz do Arari, Chaves, Melgaço, Anajás, Bagre, Afuá e Soure. Na quinta-feira (8), em Breves, Helder Barbalho e o presidente da CPH já haviam assinado as ordens de serviço para os terminais de Breves e Portel. 

O investimento, no valor de R$ 738.615,05, beneficiará as populações de Breves, Santa Cruz do Arari, Melgaço e Soure. Já o valor de R$ 482 mil é destinado aos municípios de Afuá, Anajás, Bagre, Cachoeira do Arari, Chaves e Portel.  

"Todos os terminais da região do Marajó serão revitalizados. O governador nos deu a orientação da contratação de várias empresas para elaborar os projetos desses terminais hidroviários. Isso vai alavancar, além do turismo, a melhoria no conforto e segurança para os passageiros", garantiu Abraão Benassuly. (Texto: Bruno Magno e Larissa Noguchi).