Segup comemora 60 anos e oferta serviços gratuitos à população

15/06/2019 16h09 - Atualizada em 15/06/2019 17h14
Por Aline Saavedra (SEGUP)

Programação foi realizada na Praça Amazonas, no bairro do Jurunas, em BelémUma ação cidadania na Praça Amazonas, no bairro do Jurunas, em Belém, ofertou, neste sábado (15), diversos serviços gratuitos à população, para celebrar os 60 anos de fundação da Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social do Pará (Segup).

A programação ocorreu durante toda a manhã, com emissão de Registro Geral, certidão de nascimento (1ª e 2ª via), 2ª via de certidão de óbito, orientação social, vacinação contra H1N1, testes rápidos de HIV, Hepatite B e Sífilis; além de verificação de pressão arterial e glicemia. Houve, ainda, atendimento com nutricionista e clínico geral.

A ONG Adote um Sorriso esteve presente, oferecendo serviços de psicologia e odontologia. A Diretoria de Prevenção Social da Violência e da Criminalidade (Diprev) realizou ações de prevenção e combate à violência e criminalidade.

Crianças puderam conhecer o helicóptero do Grupamento Aéreo de Segurança PúblicaDurante a programação, uma aeronave do Grupamento Aéreo de Segurança Pública (Graesp) fez um sobrevoo e pousou próximo a praça, para que a população pudesse conhecer a forma de atuação do equipamento. As pessoas visitaram, ainda, a exposição de drones e instrumentos de resgate aéreo. O Batalhão da Polícia Militar e o Esquadrão de Polícia Montada (cavalaria) estiveram presentes, assim como, militares da Marinha e do Exército. A banda de música da PM se apresentou, entoando diversos ritmos paraenses.

Patrícia Pinheiro mora próximo à secretaria e trouxe sua filha Teresa, para tirar a primeira via da identidade e estar lado a lado com os equipamentos de segurança. "Achei uma iniciativa maravilhosa. A minha filha precisava tirar o RG e me surpreendi, não sabia que ia ter helicóptero, viaturas do bombeiros, que é um atrativo ainda maior", disse.

Carteiras de identidade foram emitidas, assim como certidão de nascimento e de óbito
A Celpa realizou a troca de lâmpadas e o cadastramento no Cadúnico. Para os clientes residenciais, a empresa disponibilizou até cinco lâmpadas incandescentes ou fluorescentes para serem trocadas pelas de LED.

Homenageados – Integrando a programação, servidores que fazem parte da história da Segup ou que deixaram um legado de profissionalismo e dedicação foram homenageados com a entrega de comendas. A iniciativa tem o objetivo de valorizar o papel de cada um no compromisso de oferecer cidadania, defesa social e segurança a sociedade que reside na capital e no interior do Estado.

"É uma satisfação muito grande, não só pela homenagem recebida nesta data, mas como também ser lembrado por fazer parte da construção da história da Segup, do reconhecimento diário", ressaltou o servidor do Conselho de Segurança Pública (Consep), Antônio Ernandes.

Crianças aproveitaram o dia, que ofertou ainda orientação social, vacinação contra H1N1, testes rápidos de HIV, Hepatite B e Sífilis
Secretário de Segurança do Pará, Ualame Machado, destacou que a iniciativa foi pensada para servir a sociedade. "São seis décadas servindo e protegendo e a gente vem essa semana toda com uma programação para os servidores e para a população. É amostra dos equipamentos que são utilizados pela segurança pública, como o helicóptero que as pessoas veem somente por cima e hoje podem estar do lado, entrando para conhecer melhor", disse.

"Nossa meta é estar próximo à sociedade e trabalhando junto com a população, que é fundamental. A gente não vai conseguir alcançar os objetivos que pretendemos se não tivermos a colaboração e união da sociedade. Então, a primeira coisa é oferecer a cidadania às pessoas, para assim viabilizar novas oportunidades. A nossa função é essa, além de proteger", ressaltou Ualame Machado.

A programação de aniversário teve início na última segunda-feira (10), com atividades voltadas para o público interno e externo. Os servidores participaram da palestra Coaching no serviço público e de aulas de autoproteção. Estudantes de escolas próximas ao Greaesp visitaram o hangar do governo do Estado, ficaram lado a lado das aeronaves e souberam como elas funcionam.

Para finalizar as comemorações de aniversário, uma corrida e caminhada serão realizadas no próximo domingo (23), no Parque Ambiental do Utinga, para os servidores do Sistema Estadual de Segurança Pública (Sieds).

Ações de combate à violência já demonstram resultados

Na semana em que se comemora os 60 anos da instituição, dados divulgados pela Secretaria de Inteligência e Análise Criminal (Siac), vinculada a Segup, informam que no período de 1 a 13 de junho, nenhum latrocínio foi registrado em todo o Pará. Uma redução de 100% dos casos ao comparar o mesmo período, no ano de 2018.

O levantamento aponta, ainda, a redução de 33% no número de homicídios, em todo o Estado e 36% nos crimes violentos letais intencionais (somando homicídios, latrocínios e lesão corporal seguida de morte), ao comparar os 13 primeiros dias do mês de junho, dos anos de 2018 e 2019.

A diminuição dos crimes é reflexo da atuação da polícia nas ruas e o investimento em inteligência. A Operação Polícia Mais Forte, iniciada no dia 12 de janeiro, conta com 60 viaturas que antes eram utilizadas apenas em serviço administrativo e foram realocadas para atividade operacional, justamente, no horário em que há maior incidência de criminalidade, aumentando o efetivo em mais de 50% na Região Metropolitana de Belém, além do acréscimo de, aproximadamente, 180 policiais militares, com o pagamento de jornada extraordinária.

Outras medidas – Novos soldados da Polícia Militar estarão nas ruas para atuar nas ações de policiamento preventivo, ostensivo e repressivo no Estado, sendo 430 na Região Metropolitana de Belém e 100 na região sudeste do Pará, totalizando 530 novos homens a partir de 25 de junho, que irão potencializar as ações de combate ao crime, em substituição aos agentes da Força Nacional.

"Sabemos que ainda há muito que ser feito para devolver a paz e a tranquilidade ao povo paraense, mas estamos reforçando as ações de ostensividade e os resultados já apontam uma redução. Estamos trabalhando com afinco para identificar e punir, conforme determina a lei, as pessoas responsáveis em tirar a paz e o sossego da sociedade", reiterou o titular da Segup.