Emater discute políticas públicas na Região do Baixo Tocantins

14/06/2019 11h14 - Atualizada em 18/06/2019 11h00
Por Rodrigo Reis (EMATER)

O município de Abaetetuba, no Baixo Tocantins, recebeu, esta semana, uma equipe de extensionistas rurais da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater) para debater novos rumos e diretrizes do planejamento territorial de produção na região, como dendê, pimenta do reino, açaí, coco, mandioca, além da atividade de pesqueira.

-A região do Baixo Tocantins representa 10% do território do Estado do Pará e é formada por 11 municípios, daí a importância de fortalecer as relações com municípios, secretarias de meio ambiente e agricultura para discutir o tema. "Vamos levar fomento e políticas públicas para o agricultor. Para isso, é preciso todo um planejamento estratégico, afinal, há uma gama de oportunidades na região e o produtor precisa estar preparado", comenta Geovanny Farache, supervisor regional da região do Baixo Tocantins.

Ainda de acordo com o supervisor, a Emater vai precisar do apoio dos órgãos competentes para prestar assistência técnica e extensão rural de qualidade. "É necessária à participação das prefeituras municipais nesta empreitada. Vamos sugerir um termo de adesão a cada prefeitura da região, de acordo com cronograma de visitas técnicas", explicou.

Estiveram presentes os coordenadores locais da Emater dos municípios de Abaetetuba, Tailândia, Igarapé-Miri, Barcarena, Cametá, Baião, Limoeiro do Ajuru, Acará, Mocajuba e Moju.