Ginasta paraense é vice-campeã em torneio nacional no Rio de Janeiro

10/06/2019 19h16 - Atualizada em 10/06/2019 19h39
Por Paula Portilho (SEEL)

Lia Alves de Oliveira levou a medalha de prata na categoria Juvenil Iniciante no 34° Torneio Nacional de Ginástica ArtísticaO último final de semana foi de emoção, garra e conquista para a ginasta paraense Lia Alves de Oliveira, 13, que levou o vice-campeonato na categoria Juvenil Iniciante, no 34° Torneio Nacional de Ginástica Artística, realizado pela Confederação Brasileira de Ginástica (CBG), no Parque Olímpico Arena III, no Rio de Janeiro.

A jovem atleta, que disputou com outras 65 competidoras, é aluna de ginástica artística no projeto Talentos Esportivos, uma iniciativa da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel) em parceria com Universidade do Estado do Pará (Uepa), que incentiva a prática esportiva entre crianças e adolescentes. "Esse resultado demonstra meu esforço como atleta. Além disso, é importante para a ginástica artística do Pará, e para o Talentos Esportivos. É um incentivo para que outras crianças se interessem pelo esporte", disse a atleta.

Atleta, que disputou com outras 65 competidoras, é integrante do projeto Talentos Esportivos, da SeelBastante emocionado, Neivaldo Oliveira, pai de Lia, que a acompanhou na competição, acredita que este resultado traz uma excelente perspectiva futura. "Estou muito feliz, considerando que, da disputa feminina participaram 41 clubes de todo o País, com 284 meninas. Essa medalha de prata significa a continuidade deste processo de crescimento da Lia nessa modalidade e a busca pelo sonho de poder participar da seleção brasileira", conta.

Para o treinador Ulisses Lima, a participação das ginastas "foi muito positiva, não só pela Lia, que foi vice-campeã, mas também pela colocação das outras meninas".

As aulas do projeto são realizadas no Campus III da Uepa, no bairro do Marco, em Belém. Atualmente são atendidas 600 crianças e adolescentes. "O papel da Seel é esse, de apoio ao esporte, e nesse caso, da ginástica artística, que incentivamos através do projeto. Tivemos essa colocação honrosa neste torneio. É importante que possamos ter ainda mais atletas participando em competições nacionais", ressaltou o secretário-adjunto da Seel, Vitor Borges.

Além de Lia, Calina Foro, Bruna Gomes, Rafaele Cristina Ferreira, Ludmila de Lima, Ana Gabriela Soares, Juliana Ramos e Francine Dias, com idade entre 9 a 13 anos, disputaram nas categorias Pré-infantil, Infantil e Juvenil. Do Talentos Esportivos, sete ginastas receberam incentivo da Seel para participar do evento nacional.

Posições:
Bruna Borcem, 8ª colocada, infantil iniciante (71 competidoras).
Calina Karen, 9ª colocada, juvenil intermediário (26 competidoras).
Ana Gabriela Soares, 13ª colocada, juvenil iniciante (65 competidoras).
Francine Luise Dias, 12ª colocada, pré-infantil iniciante (66 competidoras).
Juliana Ramos, 17ª colocada, infantil iniciante (71 competidoras).
Rafaele Cristina Ferreira, 19ª colocada, infantil iniciante (71 competidoras).
Ludmila de Lima, 24ª colocada, juvenil iniciante (65 competidoras).