Emater começa implantação do Projeto Quintais Produtivos em Marituba

10/06/2019 19h12 - Atualizada em 10/06/2019 19h15
Por Rodrigo Reis (EMATER)

O planejamento das ações do Projeto Quintais Produtivos começará nesta terça-feira (11), por iniciativa da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater), por meio dos escritórios regional das Ilhas e local de Marituba, na Região Metropolitana de Belém (RMB). A proposta do projeto é orientar o agricultor familiar sobre preservação do meio ambiente, segurança alimentar e melhoria da renda. A ação será realizada em parceria com a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca (Sedap), Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade do Estado do Pará (Ideflor-Bio) e Prefeitura de Marituba.

De acordo com a engenheira agrônoma Alda Remédio, chefe do escritório local de Marituba, o projeto terá a duração de três anos."Nesse período, vamos realizar visitas técnicas, reuniões de campo e trabalhar na implantação de um viveiro. As ações terão o envolvimento direto de dez famílias das comunidades do município de Marituba e, indiretamente, irá atender pelo menos mais 40", informou.

Na fase inicial o projeto selecionará os agricultores. Após a escolha, todos serão capacitados para começar o processo de construção do viveiro. Eles receberão materiais necessários durante todo o processo. A última etapa será a implantação dos quintais produtivos. Os produtores poderão diversificar a produção com culturas de curto, médio e longo prazo.

Ainda de acordo com a engenheira agrônoma, "o projeto visa, também, garantir a melhoria da qualidade de vida dos agricultores, e também promover a geração de renda das famílias que serão atendidas durante e após os três anos de projeto".