Polícia Civil emite carteira de identidade para idosa na própria residência

07/06/2019 21h35 - Atualizada em 07/06/2019 22h06
Por Walrimar Santos (PC)

Policiais civis possibilitaram o exercício da cidadania a uma idosa com dificuldade de locomoção, nesta sexta-feira (7), em Capanema, no nordeste paraense. Aos 107 anos, Maria Batista da Silva teve sua nova carteira de identidade emitida na própria residência.

Aos 107 anos, Maria Batista da Silva teve seu novo RG emitido em casaNascida em 5 de janeiro de 1912, na cidade de Primavera, na mesma região, Maria Batista e seus familiares receberam, no início da manhã, equipes da Superintendência Regional de Segurança Pública do Caeté e do Setor de Identificação do município, que prestaram o atendimento domiciliar.

O chefe de Operações da Superintendência, investigador Alan Firgrind, que coordenou a visita, informou que a ação faz parte da política de promoção de cidadania da Polícia Civil, que visa tornar a polícia cada vez mais próxima da população em todo o Estado.