Concerto de cordas encerra 5º dia de apresentações do Fimupa

05/06/2019 17h15 - Atualizada em 05/06/2019 18h59
Por Úrsula Pereira (SECULT)

Camerata da Fundação Amazônica de Música (FAM) é composta por violinos, violas, violoncelos e contrabaixosA Camerata da Fundação Amazônica de Música (FAM) encerra, nesta quinta-feira (6), o quinto dia de programação do 32° Festival Internacional de Música do Pará (XXXII Fimupa). Entre violinos, violas, violoncelos e contrabaixos, o concerto é apresentado por um grupo menor de músicos, sob a regência do maestro e violinista do Rio Grande do Sul Cármelo de Los Santos, e inicia às 20h30, no palco do Theatro da Paz.

Grupo é formado por alunos e professores do Projeto Vale MúsicaA FAM foi criada pensando na difusão da cultura musical no Pará e no fomento à formação de novos músicos, por meio de eventos culturais voltados à comunidade, trabalhando a inclusão social e, no futuro, a profissionalização. A Camerata atua pensando a performance do repertório para orquestra de câmara e integra 20 alunos e professores do Projeto Vale Música, trazendo instrumentistas de renome nacional e internacional para a troca de experiências e aperfeiçoamento técnico dos alunos.

De acordo com Cármelo a experiência de reger a Camerata da FAM está sendo maravilhosa. "Eu já conheço esses meninos e meninas há um bom tempo e eles estão reagindo super bem, estão mais maduros este ano e vai ser um 'concertaço', pois vamos tocar o que há de mais importante no repertório para cordas, que são as Quatro Estações de Vivaldi, que todo mundo conhece pelo menos um pedacinho dos comerciais e da TV. Do icônico Carlos Gomes, vamos tocar a sua Sonata Para Cordas, que é uma peça maravilhosa", explicou.

Cármelo de Los Santos – Violinista do Rio Grande do Sul, atua como solista, concertista, zamerista e pedagogo. Ganhou projeção nacional aos 16 anos, quando foi o mais jovem vencedor do mais importante concurso musical brasileiro, o "VII Prêmio Eldorado de Música", em São Paulo.

Desde então, Carmelo vem se apresentando como solista convidado de mais de 40 orquestras, incluindo a New World Symphony, Santa Fe Pro-Musica, as sinfônicas de Southern Mississippi, Santa Fe, e New México, a Filarmônica de Montevidéu, Orquestra Musica d'Oltreoceano (Roma), e as principais sinfônicas brasileiras como a Brasileira, do Estado de São Paulo e Petrobrás Pró-Música.

Em 2002, fez sua estreia como solista e regente em Nova Iorque, no prestigiado Weill Recital Hall do Carnegie Hall, junto à Orquestra de Câmara ARCO. O músico é, atualmente, professor titular na Universidade do Novo México, em Albuquerque, EUA, onde vive. Cármelo toca um exemplar de violino fabricado pelo ilustre francês Jean Baptiste Vuillaume, feito em Paris em 1827.

Los Santos, que vai encerrar o 32º Fimupa como solista do último concerto, está acompanhando de perto as apresentações. "O nível está altíssimo entre regentes, solistas e os músicos em geral. O público está reagindo muito bem e aqui essa participação é bem especial, pois o paraense é extremamente caloroso e entende de música de todos os tipos. Estou super feliz em fazer parte do Festival", finalizou.

Realizado pelo Governo do Pará, por meio da Fundação Carlos Gomes (FCG), Secretaria de Cultura do Estado (Secult) e Academia Paraense de Música (APM), o Fimupa tem o apoio da Fundação de Telecomunicação do Pará (Funtelpa), Fundação Amazônica de Música (FAM), Imprensa Oficial do Estado, Secretaria de Comunicação, os Shoppings Grão Pará, Boulevard e Parque Shopping, com patrocínio do Banpará.

Programação do dia 6 (quinta-feira)
Sala Ettore Bosio, às 12h
Coral de Trombones do IECG e Grupo Pará Trombones
- Entrada Franca

Igreja de Santo Alexandre, às 18h
Orquestra de Violoncelos do XXXII FIMUPA
- Maestro: violoncelista de SP Antônio Lauro Del Claro
- Entrada Franca

Theatro da Paz, às 20h30
Camerata Vale Música
- Maestro: violinista do Rio Grande do Sul Cármelo de Los Santos
- Ingresso R$2,00

Serviço:
O XXXII Festival Internacional de Música do Pará é realizado até o próximo dia 9 de junho, no Theatro da Paz, Igreja de Santo Alexandre, Sala Ettore Bosio (IECG) e Sala Augusto Meira Filho (FAM). Os ingressos para os concertos no Theatro da Paz serão disponibilizados no dia do evento, às 9h, na bilheteria do TP e custarão R$ 2,00. Nos demais espaços a entrada é franca.