Censo Escolar inicia em todo o Estado nesta quarta-feira (29)

28/05/2019 16h32
Por Redação - Agência PA (SECOM)

A partir desta quarta-feira (29) todas as escolas das redes pública e privada do Pará participam do Censo Escolar 2019. A participação é obrigatória e deverá ser realizada até o dia 31 de julho por meio do Sistema de Coleta Educacenso.

Principal instrumento de coleta de informações da educação básica, o Censo Escolar é o mais importante levantamento estatístico educacional brasileiro nessa área. Coordenado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), é realizado em regime de colaboração entre as secretarias estaduais e municipais de educação e com a participação de todas as escolas públicas e privadas do país.

O Censo Escolar abrange as diferentes etapas e modalidades da educação básica e profissional: ensino regular, educação especial, educação de jovens e adultos (EJA), e educação profissional.

No Pará, a Secretaria de Estado de Educação (Seduc) está auxiliando as unidades de ensino na coleta de dados. Segundo a coordenadora da área, Simone Palheta, a equipe é composta por mais de 20 técnicos, e fará o treinamento e o acompanhamento das escolas quanto ao preenchimento do sistema durante os meses de junho e julho.

A captação de informações fidedignas subsidia na formulação, adequação, avaliação de políticas implementadas em busca da qualidade do ensino. É uma ferramenta de suma importância que sinaliza como estão os indicadores que norteiam as ações educacionais, tais como a cobertura de matrícula, a infraestrutura das escolas, a escolarização do docente, que se traduzem no nível de ensino a ser ofertado em virtude da demanda, aquisição de equipamentos e materiais, planejamento de qualificação do docente, etc.

“Por isso, a mobilização e parceria entre os entes federados é importante para que nenhuma escola deixe de responder a chamada do Censo Escolar, pois somente assim o Pará terá um panorama real da educação e poderá realizar ações mais assertivas e exitosas”, explica Simone.

Professores – Este ano, o Censo também quer avaliar os gestores escolares. Pela primeira vez, eles vão ter que informar sobre o acesso dele à escola, sua escolarização, tipo de trabalho que desenvolve no espaço escolar. Com isso, o Inep quer mapear sobre que tipo de gestor está atuando na liderança das escolas.

Após a coleta de dados, será aberto o prazo para a análise e entrega das inconsistências para avaliar o controle de qualidade sobre as informações prestadas. Todas as etapas só terminam em fevereiro de 2020, com os resultados do desempenho escolar de cada aluno.

O Censo é anual. Em 2018, foram mapeadas 10.848 escolas em todo o Estado, das quais 904 são da rede estadual. “A partir dos resultados do Censo, poderemos saber como está a cobertura no Pará, onde precisa de escola e como está o nível de ensino”, conclui Simone.