'Dia de Herói' anima o cotidiano no Centro de Inclusão e Reabilitação

01/06/2019 17h16 - Atualizada em 02/06/2019 20h01
Por Redação - Agência PA (SECOM)

Toda última sexta-feira do mês, usuários e acompanhantes do Centro Integrado de Inclusão e Reabilitação (CIIR), em Belém, têm um encontro marcado com super-heróis, que ajudam a mudar a rotina. A atividade integra o Projeto Dia do Herói, coordenado pelo Grupo de Trabalho de Humanização (GTH), com o objetivo de explorar o potencial lúdico dos profissionais do CIIR, e assim tornar o atendimento aos usuários mais divertido.

De acordo com a vice-coordenadora do GTH, Ana Marceliano, o “Dia do Herói” é uma ação de humanização do atendimento que torna o cotidiano no espaço, muitas vezes estressante, em um momento mais relaxado e alegre, tanto para funcionários como para usuários. “Isso torna o atendimento divertido e afetuoso, especialmente para as crianças, que são a maioria do nosso público”, frisou Ana Marceliano, acrescentando que o funcionário, os vestir um uniforme de super-herói para trabalhar, transforma seu dia e melhora a autoestima, se sentindo mais confiante.

A vice-coordenadora informou ainda que o projeto é uma forma de valorizar o funcionário que tem a missão de cuidar de pessoas. “O ‘Dia do Herói’ contribui também para fortalecer o vínculo entre o trabalhador da saúde e o usuário, construindo um ambiente mais alegre”, reiterou.

O diretor executivo do Centro de Reabilitação, José Neto, aceitou participar pela segunda vez do “Dia do Herói”, fantasiado de Homem de Ferro. “É um momento de integração, descontração e muita fantasia para enfrentar o dia com força e fé”, definiu o gestor, que sugeriu a adesão de usuários e acompanhantes. “Podem trazer suas máscaras e capas para combater o vilão do mau humor ou do estresse”, disse o diretor.

Reabilitação – O CIIR oferta diversas especialidades e tecnologias para o atendimento de pessoa com deficiências auditiva, visual, física, intelectual e mental, sempre priorizando acessibilidade, assistência segura, de qualidade e humanizada aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).

Para ter acesso aos serviços, o usuário deve ser encaminhado, exclusivamente, por meio das Unidades Básicas de Saúde (UBS). A Central de Regulação de cada município envia à Regulação Estadual, onde o pedido será analisado conforme perfil do usuário, por meio do Sistema de Regulação (Sisreg).

Serviço: O Centro Integrado de Inclusão e Reabilitação funciona na Rodovia Arthur Bernardes, 1000, em Belém. Mais informações: (91) 4042-2157/58/59.