2º Mini Festival de Chocolates, Flores e Joias será em clima de Arraial dos Namorados

02/06/2019 15h02 - Atualizada em 03/06/2019 18h11
Por Redação - Agência PA (SECOM)

2º Mini Festival de Chocolates, Flores e Joias será em clima de Arraial dos NamoradosReunir música, romance e a alegria das festas juninas é a proposta da 2ª edição do Mini Festival de Chocolates, Flores e Joias da Amazônia, no Espaço São José Liberto, que abriga o Polo Joalheiro do Pará e a Casa do Artesão, no bairro do Jurunas, nos próximos dias 7 e 8 de junho (sexta-feira e sábado), das 09 às 18 h. A entrada é franca. Dez empresas que produzem chocolate genuinamente paraense, da amêndoa à barra, 20 produtoras de bombons regionais (bombonzeiras) e 12 produtores de flores e produtores de joias comercializarão seus produtos no evento.

A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca (Sedap) é realizadora do Mini Festival, em parceria com a Secretaria de Estado de Desenvolvimento, Turismo e Mineração (Sedeme), com apoio de outros órgãos estaduais.

O governo estadual, por meio da Sedap, apoia a comercialização de espécies de flores e plantas ornamentais, em arranjos, envasados ou terrários. A coordenadora do Programa de Floricultura da Sedap, Dulcimar Melo, informa que a diversidade de produtos inclui, entre outros, orquídeas, flores em vasos, plantas para jardim, cactos, suculentas e os terrários.

Economia forte - O titular da Sedeme, Iran Lima, frisou que a Secretaria conduz a política de desenvolvimento econômico do Pará, para todos os segmentos empresariais, e fortalece o empreendedorismo. “Além da Política de Incentivos Fiscais, que tem como principal finalidade beneficiar projetos que atendam aos objetivos estratégicos do governo e estejam alinhados com as diretrizes das cadeias produtivas prioritárias, que a médio e longo prazo tornarão a economia paraense mais forte e diversificada, a Sedeme desenvolve iniciativas de estímulo ao setor produtivo, como o incentivo ao empreendedorismo, criando oportunidades de divulgação e comercialização para os produtos locais. É essa a concepção dos festivais”, destacou Iran Lima.

Grande parte das empresas produtoras de chocolate no Pará exporta sua produção, mas o consumo local vem aumentando, e há, também, uma ótima aceitação em São Paulo (SP), Estados Unidos e países da Europa.

Segundo a coordenadora de Mercado da Sedeme, Luciana Centeno, as mini edições que ocorrem no Polo Joalheiro (houve a edição de estreia para o Dia das Mães, e agora a segunda, para o Dia dos Namorados), são mobilizadoras para o grande Festival de Chocolates, Flores e Joias da Amazônia, marcado para setembro. “A ideia é ampliar a visibilidade dos produtos genuinamente paraenses e, claro, envolver Belém e os turistas na expectativa para os já tradicionais Festival Internacional de Chocolate e Cacau da Amazônia e o Florpará, promovidos pelo Governo do Estado. Este ano, esses eventos vão ocorrer de 19 a 22 de setembro, no Hangar - Centro de Convenções e Feiras da Amazônia”, informou a coordenadora.

A iniciativa dos minis festivais e do evento maior, em setembro, é uma articulação do Governo do Pará, por meio da Sedap, Sedeme, Secult (Secretaria de Cultura), Codec (Companhia de Desenvolvimento do Estado) e Igama (Instituto de Gemas e Joias da Amazônia), instituição que administra o Espaço São José Liberto. O Sebrae Pará é parceiro da iniciativa, com toda sua experiência e conhecimento sobre pequenos e médios empreendimentos.