Seaster encerra Semana do Artesão com serviços de cidadania

21/03/2019 20h38
Por Redação - Agência PA (SECOM)

Serviços de saúde, emissão de documentos e atendimento estético beneficiaram cerca de 500 pessoas na manhã desta quinta-feira (21), no encerramento da programação realizada entre os dias 19 e 21 de março, pela Secretaria de Estado de Assistência Social, Trabalho Emprego e Renda (Seaster), para homenagear os artesãos paraenses.

“O artesanato mudou a minha vida. É através dele que hoje tenho renda e estou fazendo minha casa. Eu me sinto muito privilegiada em participar de um evento que está sendo feito para a nossa categoria, buscando melhorias para nós. Nosso trabalho precisa ser valorizado, e estou muito feliz com esse apoio do Estado nessa nossa luta”, disse Maria da Paixão, artesã no município do Acará, no nordeste paraense.

A programação da Semana do Artesão iniciou na terça-feira (19) com um debate sobre o novo projeto de lei que cria o Programa Estadual do Artesanato Paraense, na Assembleia Legislativa do Pará (Alepa), em atendimento à sugestão da deputada Dilvanda Faro, com o apoio do Governo do Estado. Entre as melhorias previstas no novo projeto de lei estão a definição da Seaster como coordenadora da Política Estadual do Artesanato Paraense; o reconhecimento da profissão para fins de trabalho e previdência; promoção de associações, cooperativas, grupos de trabalho e pessoas vinculadas ao setor artesanal, objetivando sua autonomia; fomento a atividades autossustentáveis e implantação e consolidação de equipamentos públicos de comercialização do artesanato.

Na quarta-feira (20), a programação ocorreu no Centro Integrado de Inclusão e Cidadania (CIIC), e incluiu ciclo de palestras e capacitações sobre Economia Solidária e Empreendedorismo.

Valorização - Nesta quinta-feira, a programação prosseguiu no CIIC com serviços de saúde, como verificação de pressão arterial e glicemia, atendimento em odontologia e vacinação, além de emissão de certidão de nascimento, certidão de óbito, carteira de identidade, cadastro do artesão e carteira de trabalho. Também foram oferecidos serviços de estética facial e corporal, como corte de cabelo, curso de automaquiagem e limpeza de pele. Ao final da programação houve apresentações culturais.

“A Semana do Artesão foi produzida com o intuito de valorizar o artesanato paraense. Durante esta gestão assumimos o compromisso com esta categoria e vamos buscar, cada vez mais, melhorias para ela, como a aprovação desta lei com o apoio da Assembleia Legislativa”, afirmou Miriquinho Batista, secretário adjunto do Trabalho, da Seaster.