Capacitação coletiva em exportação abre inscrições, no Pará

25/02/2019 10h34 - Atualizada em 25/02/2019 15h31
Por Redação - Agência PA (SECOM)

As inscrições estão abertas para as  edições de março do “Papo Exportação”, capacitação coletiva que trata sobre diferentes temáticas ligadas ao comércio exterior. Serão duas oportunidades de participar do evento: em Belém, dia 13, e em Santarém, no dia 25. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no site do Parque de Ciência e Tecnologia Guamá.

O Papo Exportação será realizado periodicamente nas duas cidades paraenses e em Marabá. Os três municípios, localizados em regiões diferentes do Estado – capital, sudeste e oeste, foram escolhidos para sediar o programa, voltado para empresários que atuem visando a exportação.

O projeto é promovido pelo núcleo operacional Pará do Programa de Qualificação para Exportação, da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (PEIEX/Apex-Brasil). A monitora do PEIEX no Pará, Lucélia Gester, destaca que a ação, além de uma oportunidade de capacitação, se caracteriza como um momento de networking qualificado.

“Na edição piloto do evento, realizada no dia 20 de fevereiro em Belém, com o Erich Imbiriba da Amazon Traders, criamos a oportunidade das empresas atendidas pelo programa se conhecerem. Fizemos demonstrações e degustações de produtos e já percebemos um movimento de geração de negócios entre elas. Além disso, com a fala do especialista, o empresário pôde ver que que é possível acessar o mercado externo, desde que o empresário esteja organizado”, afirmou Lucélia.

A empresária Samila Seki, da Sekiama Alimentos, participou da primeira edição do Papo Exportação em Belém e acredita que a aproximação com o PEIEX é uma oportunidade de crescimento.

“Estamos em um nível interestadual de atuação e esse é o meu primeiro contato de verdade com um evento de exportação. Estamos começando a trabalhar com o PEIEX e tenho muita credibilidade de que agora eu consigo ter uma noção de como iniciar o processo de exportação. Estou na esperança de que vá dar tudo certo ainda esse ano”, disse Samila.

A oportunidade de fortalecimento e diversificação de negócios também foi percebida pelo empresário José Fernandes, do Papel da Amazônia. “Pode ser uma oportunidade muito boa de acessar novos mercados e de melhorar, inclusive, o nosso próprio produto, agregando mais valor para a empresa. Hoje trabalhamos com mercado local e nacional, mas acredito que o nosso produto pode ser interessante pra exportação”, avaliou.

Agenda – A segunda edição do Papo Exportação, em Belém, será no dia 13 de março, das 8h às 11h, no Parque de Ciência e Tecnologia Guamá, com Bernardo Magalhães, da Libra Design. Serão abordados os temas “Como preparar folder e site para exportação” e “Como fazer adequação de embalagem”. As inscrições podem ser realizadas no link http://bit.ly/papo_exportacao_2

A primeira edição de Santarém será realizada no dia 25 de março, das 8h às 11h, no auditório do Sebrae (Av. Rui Barbosa, 378 – Centro), com Lucélia Gester. Os temas serão “Como prospectar um mercado para exportação” e "Como se relacionar com comprador internacional". Inscrições no link: http://bit.ly/papo_exportacao_stm_1

Apex-Brasil e o PEIEX – A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) atua para promover os produtos e serviços brasileiros no exterior e atrair investimentos estrangeiros para setores estratégicos da economia brasileira. O Programa de Qualificação para Exportação é implementado em todas as regiões do país, por meio de instituições de ensino (universidades, parques tecnológicos ou Fundações de Amparo à Pesquisa) ou Federações de Indústria. São os parceiros da Apex-Brasil que aplicam a metodologia do PEIEX na qualificação das empresas.

No Pará, desde 2016, o programa é executado pela Fundação Guamá, OS responsável pela gestão do Parque de Ciência e Tecnologia Guamá. Em dezembro de 2018, além da região metropolitana de Belém, o programa passou a atender as cidades de Marabá e Santarém, podendo ser estendido a um raio de até 100 km dos polos. A metodologia foi renovada, sendo direcionada mais para a prática da exportação.

PCT Guamá – Resultante da parceria entre as Universidades Federal do Pará (UFPA), Federal Rural da Amazônia (Ufra) e Governo do Pará, o PCT Guamá foi o primeiro e permanece como único parque tecnológico a entrar em operação na Amazônia.

Tem como principal objetivo estimular a pesquisa aplicada, o empreendedorismo inovador, a prestação de serviços e a transferência de tecnologia para o desenvolvimento de produtos e serviços de maior valor agregado e fortemente competitivos.

Com uma área de 72 mil metros quadrados, reúne, atualmente, 15 centros e laboratórios tecnológicos, 34 empresas, 18 startups e 4 instituições, ligados principalmente às áreas estratégicas de atuação, que são Biotecnologia; Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC); Energia; Tecnologia Ambiental e Tecnologia Mineral.

Situado entre a UFPA e a Ufra, apresenta espaços voltados para a instalação de pequenos e médios empreendimentos de base tecnológica, laboratórios e centros de pesquisa e desenvolvimento, assim como de empreendimentos nascentes (startups) e temporários.

Serviço –  Papo Exportação #2 – Belém, dia 13 de março, das 8h às 11h, no auditório do Espaço Empreendedor, Parque de Ciência e Tecnologia Guamá – Av. Perimetral, km 01, S/N. Inscrições: http://bit.ly/papo_exportacao_2. Mais informações: (91) 3321-8900

Papo Exportação #1 – Santarém, dia 25 de março, das 8h às 11, no auditório do Sebrae, Av. Rui Barbosa, 378 – Centro. Inscrições: http://bit.ly/papo_exportacao_stm_1. Informações adicionais: (93) 3523-1820.