CredCidadão realiza pré-cadastro de empreendedores no bairro da Cabanagem

Iniciativa integra as ações do Programa Governo TerPaz

16/07/2019 11h43 - Atualizada em 16/07/2019 12h01
Por Catarina Corrêa (SECOM)

Nesta terça-feira (16) aproximadamente 30 pessoas foram até a Escola Estadual José Valente Ribeiro, no bairro da Cabanagem, em Belém, para cumprir mais uma etapa de acesso ao CredCidadão, o microcrédito que fornecerá até R$ 5 mil de incentivo para quem procura dinamizar seu negócio. A iniciativa será aplicada em todos os bairros que integram o programa "Territórios de Paz", são eles: Guamá, Jurunas, Terra Firme, Bengui e Cabanagem (Belém), Icuí (Ananindeua) e Nova União (Marituba).

Entre os participantes de hoje estava João Ferreira, 77 anos, que sustenta seis membros da sua família com o trabalho de feirante. Há 39 anos ele tem duas barracas na Feira do Complexo do Jurunas, onde comercializa batata; tomate; cebola; pimentão; pimentinha; chuchu; cenoura; repolho; e cheiro verde. Agora, o feirante quer oferecer uma diversidade maior de itens aos clientes. "Eu soube desse dinheiro e pensei: – por que não? Se eu tiver mais coisas para vender e oferecer aos meus clientes, evito que eles procurem outro feirante", justifica.

Além de cumprir mais etapa do cadastro para o CrediCidadão, Ferreira e os outros participantes também receberam orientação na Escola Estadual José Valente Ribeiro, por meio da palestra "O que é a política de microcrédito?", onde aprenderam noções de empreendedorismo.

As ações, como a de hoje são organizadas e articuladas por um núcleo autônomo formado por contadores; administradores; economistas; e assistentes sociais intitulado Núcleo de Gerenciamento do Programa de Microcrédito (NGPM), vinculado à Secretaria Estadual De Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (Sedeme).

A Coordenadora Operacional do programa, Regina Coutinho, explica que a expectativa é que em até um ano, o microcrédito atenda 1.400 pessoas nos 7 bairros da pacificação. "Hoje finalizamos mais uma etapa, inserindo os dados dos interessados no sistema para em breve podermos liberar o microcrédito", afirma.

O valor ofertado é de até 5 mil para quem está iniciando um negócio com a possibilidade – depois de finalizado os 18 meses de quitação do empréstimo – de renovação, que pode chegar a até R$ 10 mil.

Quanto ao público alvo são aceitos quaisquer empreendedores; organizações sociais; e entidades desde que sejam de pequeno e médio porte e precisem de capital para aumentar e iniciar seu empreendimento. "Quem mais nos procura são comerciantes; feirantes; artesãos; ou quem tem negócios pequenos. Na outra semana vamos estar em outra escola da Cabanagem, mas sempre avisamos a população com antecedência e nosso objetivo é esclarecer e dar oportunidade para todos", finaliza.

Veja abaixo mais informações sobre o CredCidadão

– Pessoas que estão no mercado de trabalho ou pretendam iniciar uma atividade podem obter o crédito.

– Para poder solicitar o crédito é preciso: ser maior de 18 anos e residir há pelo menos dois anos no Pará; Não ter restrições junto ao SPC, SERASA, Receita Federal; possuir avalista com renda comprovada para os que vão solicitar o crédito de forma individual e para os que vão solicitar em grupo, estes devem fazer parte de organização social legalizada.

– A taxa de juro é de 0,5% ao mês para iniciantes; integrantes de programas sociais; maiores de 65 anos e portadores de necessidades especiais; e de 1% ao mês para empreendedores com mais de seis meses na atividade.

– O prazo de pagamento é de até 18 meses dependendo da atividade e da análise do empreendimento.

– A carência pode ser de até um ano conforme análise específica da atividade econômica.