Notas


Emater e empresa do Suriname debatem projeto de hidroponia para o Estado

12/08/2019 15h44
Por Rodrigo Reis (EMATER)

A presidente da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater), Cleide Amorim, esteve reunida, na manhã desta segunda-feira (12), com representantes da empresa surinamesa B4 Bureau For, ligada a inovações sustentáveis. O encontro, que ocorreu no escritório central de Marituba, tratou da implantação de projeto de hidroponia no estado do Pará.

Hidroponia é a técnica de cultivar plantas sem solo, onde as raízes recebem uma solução nutritiva balanceada de água e todos os nutrientes necessários para seu desenvolvimento. Para garantir que esse processo ocorra com mais eficiência e qualidade, os representantes da empresa expuseram projetos sustentáveis e inteligentes para a direção da Emater. Um dos objetivos é diminuir em até 50% as pragas nas plantações. A B4 Bureau For também treina o produtor para que ele reproduza o que aprendeu para outras pessoas.

A presidente Cleide Amorim recebeu a proposta e avaliará, juntamente com a diretoria, a possibilidade de implantar a iniciativa no Estado, a partir da Unidade Didática de Bragança (UDB), que abriga e desenvolve projetos de pesquisa e extensão, além de diversos treinamentos, voltados à agricultura familiar. “A estrutura da UDB é boa e pode receber, futuramente, a implantação do projeto. Vamos avaliar”, disse a representante da Emater.

Também participaram do encontro os diretores técnico e administrativo, Rosival Possidônio e Cláudio Pereira, e a cônsul geral da República do Suriname em Belém, Jasmien Wijngaarde-Lijkwan.