Notas


Estado discute proposta para sistema inteligente para a agricultura familiar

08/08/2019 11h05
Por Aline Miranda (EMATER)

A presidente da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater), Cleide Amorim, participou, nos últimos dias 6 e 7 de agosto, da 30ª Assembléia Geral da Associação Brasileira das Entidades Estaduais de Assistência Técnica e Extensão Rural (Asbraer).

Algumas das principais pautas foram aposentadorias rurais, captação de recursos e o inovador sistema de intranet, Emater 4.0, para integrar todas as unidades do órgão de todos os estados, em serviços e dados.

Cleide, que também é vice-presidente da Asbraer, esteve ao lado do presidente da instituição, Nivaldo Magalhães; além de representantes da Empresa Paraibana de Pesquisa, Extensão Rural e Regularização Fundiária (Empaer/Pb), da Agência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural (Anater) e do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa); e deputados estaduais e federais.

"Este é um momento de reinvenção da ater pública – que tange a readaptações institucionais e contingenciamento de recursos, que significam muitas Ematers sendo fundidas em um cenário de crise econômica, escassez orçamentária, falta de veículos, falta de técnicos", afirmou Cleide.

Especificamente tratando-se do Pará, segundo a Emater, a situação tende a melhorar por meio de convênios. "O governo do estado dá muito apoio, suporta 90% em termos de orçamento, por exemplo", concluiu a representante da Emater.